Giro político do dia 09 de julho de 2019

Equipe de transição

Com as alterações aprovadas pela Câmara de Cascavel, a prefeitura pretende criar uma equipe de transição para retomar o controle da bilhetagem eletrônica do transporte coletivo. O tempo dessa operação não foi determinado, mas os servidores terão de aprender o sistema, os dados e o software usado pela ValeSim. “Haverá um termo aditivo ao contrato para alteração, mas isso não afetará em demissões nem mudanças no sistema. As passagens já adquiridas continuam tendo valor”, disse o procurador jurídico Luciano Braga Côrtes. A mudança contratual ocorreu em 2011, após o processo de prorrogação do prazo da concessão do transporte público, feito pelo ex-prefeito Edgar Bueno (PDT). O atual contrato vence em dezembro de 2021.

Repúdio

O vereador Pedro Sampaio (PSDB) não se conformou com as sessões extraordinárias marcadas hoje para avaliar a retomada da bilhetagem. Ele requereu mais dados para que pudesse apresentar o voto e o Município pediu mais tempo para responder. Com isso, as informações devem chegar ao gabinete só depois da votação. Sampaio manifestou repúdio às sessões extras.

Guarda de 4×4

Se tem algo que o pessoal da Guarda Municipal não poderá reclamar é da frota: a prefeitura destinou R$ 586 mil para a compra de quatro novos veículos. A licitação será no dia 18 deste mês. Serão comprados dois veículos 0 km – hatchback, com potência mínima de 100cv, na cor branca com plotagem conforme padrão da Guarda Patrimonial no valor de R$ 89.833,33 cada uma e outras duas caminhonetes 4×4 a diesel com potência mínima de 150cv, na cor branca, com plotagem conforme padrão da Guarda Patrimonial no valor de R$ 203.496,67 cada uma.

Sanepar na mira

O líder de Governo, Romulo Quintino (PSL), elaborou requerimento para que o governador Ratinho Junior (PSD) aumente os esforços para que a Sanepar reveja a tarifa mínima de consumo. Quintino pede urgência para que o Estado determine à Companhia que o consumo mínimo na cidade seja de 10 metros cúbicos, e não de 5 metros cúbicos, “totalmente anticontratual, havendo uma nítida ação unilateral promovida pela Concessionária contra o Município de Cascavel”.

Comissionados

O vereador Sebastião Madril (PMB) quer mais transparência nos gastos públicos e sugeriu à Presidência da Câmara a inclusão no site do Legislativo de um quadro com a relação de servidores comissionados da Casa. A Câmara já publica no site a relação completa de servidores efetivos e comissionados, com os respectivos cargos, lotações e vencimentos no Portal da Transparência, atualizada mensalmente, seguindo as determinações da Lei de Acesso à Informação.

 

 



Fale com a Redação

dois × cinco =