Histórias de partos no trânsito ainda acontecem com certa frequência, mas nunca perdem a emoção. Um desses casos aconteceu ontem em Cascavel. Mais precisamente no movimentado Trevo Cataratas, um dos mais importantes entroncamentos rodoviários do Sul do País, onde junta as BRs 277, 369 e 467.

Não bastasse o susto, não era um, mas dois bebês. Mãe de primeira viagem, Rosicléia Diogo Rocha, de 28 anos, já estava na ambulância do Samu a caminho do hospital, quando foi surpreendida com a chegada de Liz e Stella, que se anteciparam em uma semana da previsão do nascimento. A ambulância parou no acostamento e os socorristas precisaram fazer ali mesmo os dois partos.

Susto e muita emoção para o pai Mayres Robertson, que não conseguiu segurar as lágrimas: “Foi muita adrenalina. Tive muito medo, mas no fim as duas meninas chegaram saudáveis, bonitas e agora elas e a mãe estão passando bem. Graças a Deus deu tudo certo”, disse Mayres, logo depois do duplo nascimento.

E as bebês nasceram fortinhas. Liz nasceu com 2,1 quilos e Stella, com 2,3 quilos. A diferença do parto de uma e de outra foi de 12 minutos.

Segundo Mayres, a esposa e as bebês estão no hospital e devem ganhar alta até o fim de semana.

Primeiro caso

Rosicléia Diogo Rocha e Mayres Robertson moram em Cafelândia. Rosicléia começou a ter contrações pela manhã e o marido pegou o carro para trazê-la a Cascavel. Mas em Corbélia, perto do posto de pedágio, as contrações ficaram mais intensas e eles pediram ajuda às equipes da Viapar, concessionária que administra a BR-369, que a atenderam.

O Samu foi acionado com a missão de trazer os bebês ainda na barriga, para que nascessem conforme o planejado: dentro do Hospital Policlínica. Só que as gêmeas não quiseram esperar, para surpresa dos socorristas.

“Esse é o meu primeiro caso de parto gemelar dentro de ambulância. É uma grande emoção. Nós estávamos preparados para isso, caso acontecesse, e deu tudo certo. Nasceram duas meninas saudáveis. Esse é o segundo caso de gêmeos nascidos em ambulância em pouco mais de um ano”, disse o médico Cristiano Mroginski, o herói que realizou com sucesso o parto das irmãs Liz e Stella.

Legenda:

“É uma grande emoção”, disse o médico Cristiano Mroginski