Cascavel – A governadora do Paraná, Cida Borghetti, ainda não sabe ao que vai se dedicar a partir de 1º de janeiro do ano que vem, quando passa a faixa ao seu sucessor, Ratinho Junior.

Em Cascavel na última quinta-feira, Cida fez um discurso em tom de despedida, o que já sinaliza que ela não cumprirá duas agendas próximas: a abertura da Expovel e a confraternização anual da Amop.

Por enquanto, a governadora tem se dedicado inteiramente ao governo do Estado – que demanda tempo e comprometimento total – e que por isso seu futuro profissional não foi definido.

Nos bastidores, a conversa a respeito é em tom de brincadeira, porque Cida será avó. A filha dela, a deputada estadual Maria Victória (PP), está grávida de quatro meses.

Por ora, não há convite formalizado publicamente e a versão oficial é de que Cida tire férias no início do ano.

Durante evento em Cascavel, ao receber de presente um livro, a governadora brincou ao dizer que leria a obra, mas que provavelmente só ano que vem por conta da agenda apertada e que no próximo ano teria bastante tempo para colocar em dia as leituras atrasadas.