COTIDIANO

Funcionários lamentam descaso do SUS com hospitais beneficentes

29 de junho de 2015 às 17:53
Publicidade

Toledo – Funcionários do Hospital Bom Jesus de Toledo se vestiram de preto, na segunda-feira (29), em apoio ao Movimento Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do SUS (Sistema Único de Saúde).

O objetivo principal da mobilização foi esclarecer à sociedade a situação financeira precária que a rede filantrópica enfrenta e alertar para o colapso dos hospitais beneficentes e as graves consequências que isso pode acarretar ao sistema público, inclusive com o encerramento de alguns serviços essenciais. Ações como a mesma finalidade foram realizadas em pelo menos em 50 cidades brasileiras.

“A divulgação dessa realidade e a mobilização em torno do tema são indispensáveis para que medidas urgentes que garantam o direito à saúde dos cidadãos sejam tomadas. Esse é o objetivo principal do movimento”, esclarece o diretor da entidade mantenedora do Hospital Bom Jesus, Thiago Daross Stefanello.

A falta de critérios justos à tabela de serviços do SUS acarretou uma dívida de R$ 1,7 bilhão por parte de hospitais e santas casas do País. Somente no Hospital Bom Jesus o débito financeiro se aproxima dos R$ 15 milhões.

(Com informações de Romulo Grigoli)

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE