Foz do Iguaçu tem índice menor que 10% nos cancelamentos de eventos

Para o presidente do Visit Iguassu, Felipe Gonzalez, a captação de um em evento desse porte, demonstra a importância da constância do trabalho da entidade.

A pandemia, que afeta todo o Brasil e o mundo, trouxe uma série de alterações na vida cotidiana, nas relações comerciais e de trabalho. Uma das atividades mais afetadas, certamente, é a de eventos.

Quando usar máscara de pano

Em levantamento recente, realizado pelo Visit Iguassu, os eventos marcados para acontecer em Foz do Iguaçu, nos principais espaços da cidade, tem percentual menor de 10% de cancelamento e 25% foram adiados, a maioria com nova data para o segundo semestre ainda em 2020.

O que fica claro com os apontamentos é que a atividade sofre com os reflexos, mas que a médio prazo irá recuperar o fôlego. E para que isso ocorra o mais breve possível, assim como as demais atividades, a equipe de eventos do Visit Iguassu, segue em processo de pesquisa e captação adaptado ao sistema de home office, a entidade não para de trabalhar e os resultados positivos começam a aparecer.

Prova disso é a captação da 9a edição do Congresso Brasileiro de Soja – CBSoja, que será realizado em Foz de Iguaçu de 28 de junho a 01 de julho de 2021. O evento, promovido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Soja, é o maior fórum técnico-científico da cadeia produtiva da soja na América do Sul, reunindo renomados especialistas de vários segmentos ligados ao complexo soja, uma das maiores cadeias produtivas do agro brasileiro.

Para o presidente do Visit Iguassu, Felipe Gonzalez, a captação de um em evento desse porte, demonstra a importância da constância do trabalho da entidade.

 

 

 

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

6 + 20 =