A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) da Polícia Militar esteve em 44 pontos comerciais e encontrou 954 pessoas nesses locais durante as operações ocorridas entre quinta-feira (10) e domingo (13) na Capital. Os policiais militares encaminharam 10 pessoas por infringir medidas sanitárias, jogo de azar, porte de drogas e embriaguez ao volante. As ações resultaram ainda em 27 estabelecimentos interditados e 99 autuações administrativas lavradas.

“Assim como ocorre desde o início da pandemia, neste último final de semana, a Aifu trabalhou todos os dias. Muito esforço da PM e dos órgãos envolvidos foi aplicado para fiscalizar o cumprimento do decreto estadual. Flagramos pessoas em aglomeração, sem respeitar o distanciamento social, além dos que estavam em posse de drogas e outros materiais ilícitos”, disse o coordenador da Aifu, capitão Ronaldo Carlos Goulart.

O trabalho da Aifu foi intensificado por conta das medidas mais rígidas decretadas pelo Governo do Estado para minimizar o contágio do coronavírus e aliviar o sistema de saúde. O trabalho, que envolve equipes policiais, bombeiros, policiais civis e agentes municipais, ocorre diariamente em horários e pontos diferentes da cidade para flagrar os locais que ainda cometem irregularidades e favorecem a aglomeração de pessoas e descuido com o distanciamento social.

Ao longo das abordagens, as equipes da AIFU apreenderam 305 essências de narguilé, 12 maços de cigarros, quatro cigarros eletrônicos, uma máquina caça-níquel, além de 59 gramas de maconha, mais de quatro gramas de MDMA, outras sete gramas de Special Key (tipo de droga sintética) e 17 unidades de ecstasy.

Nos 44 pontos vistoriados, 954 pessoas estavam nesses locais e foram orientadas. Houve 10 encaminhamentos, sendo nove para lavratura de Termo Circunstanciado por infringir medidas sanitárias, jogo de azar e porte de drogas, além de uma prisão em flagrante por embriaguez ao volante. Na área do trânsito, os policiais militares abordaram 52 veículos, lavraram 64 autos de infração e oito veículos com alguma pendência administrativa acabaram recolhidos ao pátio.

As ações ocorreram nos bairros Abranches, Bacacheri, Boa Vista, Boqueirão, Cabral, Jardim das Américas, Lamenha Pequena, Pilarzinho, Santa Felicidade, Sítio Cercado, Tingui, Uberaba, Centro, Bom Retiro, Batel, Água Verde, Prado Velho, Parolin, Hauer, Boqueirão, Alto Boqueirão, Sítio Cercado, Xaxim, Pinheirinho, Portão, Jardim Social, Novo Mundo, Rebouças, Alto da XV, Bairro Alto, Cajuru, Umbará, Cidade Industrial de Curitiba e Butiatuvinha.

CASOS – Na sexta-feira (11), uma abordagem a um bar no bairro Pinheirinho flagrou 40 pessoas aglomeradas. As equipes lavraram uma multa de R$ 40 mil e a responsável foi encaminhada para lavratura do Termo Circunstanciado por infringir os decretos estadual e municipal. O estabelecimento já tinha sido autuado anteriormente pela mesma situação.

Já no bairro Santa Felicidade, no último sábado (12), a Aifu foi informada sobre uma festa clandestina em uma chácara e os policiais militares, ao chegarem no local, encontraram 50 pessoas. A responsável pelo evento foi autuada em R$ 50 mil e encaminhada para ser feito o Termo Circunstanciado.Neste domingo (13), as equipes da Aifu abordaram a sede de uma torcida organizada no bairro Alto da Glória e encontraram 48 pessoas sem respeitar o distanciamento social. O local foi multado em R$ 10 mil e cada frequentador foi autuado em R$ 5 mil. Durante a abordagem, os policiais militares encontraram porções de drogas com três pessoas, as quais foram encaminhadas para ser confeccionado o Termo Circunstanciado.

Foto: SESP-PR