COTIDIANO

Escolas JK e Adolival Pian realizaram simulado de incêndio na manhã de hoje

12 de maio de 2022 às 16:01
Publicidade

Era para ser um dia normal de aula, mas, de repente, soa um alarme diferente, indicando para alunos e professores que é necessário atenção. Mais um aviso sonoro, dessa vez mais forte e constante. Algo não está certo e logo descobre-se que está acontecendo um incêndio e será preciso evacuar o prédio. A situação descrita aconteceu na manhã de hoje (12), em duas Escolas Municipais (Juscelino Kubitschek e Adolival Pian), mas calma, tudo não passou de uma simulação de incêndio, que contou inclusive com a presença do Corpo de Combeiros e do caminhão de Combate ao Incêndio.

A ação, promovida pelo Corpo de Bombeiros, em parceria com a Semed (Secretaria Municipal de Educação), por meio do Setor de Infraestrutura, é o início dos simulados de incêndio nas unidades escolares da Rede Municipal neste ano de 2022. O simulado de incêndio, com a presença do Corpo de Bombeiros, é parte fundamental do Programa Brigadas Escolares, que tem o objetivo de garantir a segurança dos alunos e servidores das escolas e Cmeis, por meio do treinamento dos professores e profissionais da Educação, de forma que tenham noções básicas combate a princípios de incêndios e evacuação segura do prédio, se for necessário.

Toda a ação foi acompanhada pela assessora administrativa do Setor de Infraestrutura da Semed, Bruna Ramos Luz, e supervisionada pelo Sargento Sandro Comarella, que após o simulado reuniu os integrantes das Brigadas Escolares de cada escolas e detalhou os pontos positivos e negativos das equipes, orientando o que pode ser feito para que em caso real a escola possa realizar o abandono do prédio da forma mais segura e eficiente.

Comarella contou que desde que o programa foi iniciado na Rede Municipal de Educação, em 2015 só se tem colhido bons frutos em termos de conscientização, prevenção e adequação das unidades escolares em relação ao Código de Prevenção de Incêndio. “Foi um trabalho árduo, que envolveu muitas pessoas, mas que teve um resultado excepcional. Naquela época havia 16% das escolas com licença do Corpo de Bombeiros e hoje são quase 100%, melhorou muito”. O sargento ainda pontuou o benefício a longo prazo que o Programa Brigadas Escolares traz. “Esse contato com as crianças e com os professores e esse trabalho que a gente faz nas escolas leva para uma conscientização futura e pra nós isso é muito importante. Ajuda muito pois em vez de o caminhão vir combater, às vezes a gente vem só vistoriar o que já foi feito”.

Além do treinamento, a presença dos bombeiros e do famoso caminhão de combate ao incêndio é um evento à parte para as crianças, que após a simulação aproveitaram para registar com fotos a visita tão especial que tiveram nas escolas.

Fonte: Assessoria/Secom

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE