Entenda porque o retorno de Saturno gera crises existenciais

A energia pesada do astro se dará a conhecer, trazendo oportunidades para crescer rapidamente e até assumir papeis poderosos, de autoridade.

A cada vinte nove anos e meio ocorre o retorno de Saturno, que nada mais é que o completar de uma volta do planeta no círculo do Zodíaco. Esse período é sentido de forma individual e marca um rito de passagem, de amadurecimento e de auto cobrança. O retorno de Saturno vem trazendo as seguintes perguntas: o que fizemos da nossa vida? Conseguimos evoluir? E essas questões serão aplicadas na área do mapa astral em que o nosso Saturno está posicionado.

O primeiro retorno pode ocorrer entre as idades de 27 a 30, dependendo do grau do planeta no mapa. A energia pesada do astro se dará a conhecer, trazendo oportunidades para crescer rapidamente e até assumir papeis poderosos, de autoridade.

Entre as pessoas que curtem Astrologia, o planeta Saturno é apelidado de Chaturno. Ou seja, é a “chipagem” de chato com Saturno. Isso porque ele faz uma tarefa que poucos gostam: cobrar. Ele tem a função de repreender a empolgação demais das coisas relacionadas ao prazer e divertimento. Além disso, governa o tempo, a sabedoria e a experiência que advêm do crescimento lento, constante e estruturado.

Como um ótimo administrador, Saturno é o planeta que gosta de trabalhar a partir de um planejamento, entendendo onde estão as regras e restrições – e depois calculando soluções inteligentes com base em dados reais.

Saturno é regente de Capricórnio e passa de dois anos e meio a três anos em cada signo do zodíaco, dando-nos uma janela sólida para fortalecer e desenvolver áreas específicas de nossas vidas.

Quando ele completa a volta e retorna ao signo em que estava quando nascemos, ele assume o papel de um orientador no meio do oceano. É como se ele nos questionasse: a direção está correta? E não adianta fantasiar! O retorno de Saturno é pé no chão, realista e, por isso, nos mostra que determinado sonho deve ser revisado ou desistido. Afinal, precisamos atingir objetivos reais e palpáveis, caso contrário, viveremos apenas no plano das ideias.

Esse retorno pode levar as pessoas a uma crise existencial ou de propósito, mas é fundamental para o nosso amadurecimento e crescimento. Após esse mergulho, damos mais valor ao tempo e ao planejamento.

Saturno nos ensina a respeitar e honrar o tempo/processo. A entender que muitas vezes as coisas não são imediatas, exigem suor e trabalho. E isso faz parte do processo. Da vida. Traz muito aprendizado e autoconhecimento.

O Retorno de Saturno também fala sobre a importância de aprender a reconhecer os nossos limites e, se necessário, impor limites para algumas pessoas. Fala sobre assumir as nossas inseguranças e decidir olhar para elas. Ou seja, nos torna forte diante de algo que somos frágeis.

Saturno também se torna retrógrado todos os anos por aproximadamente quatro meses e meio, o que pode impedir o progresso e nos forçar a voltar ao marco zero do planejamento para garantir que estamos construindo tudo em uma base sólida.

Em 2020, o período de Retrogradação de Saturno será de maio a setembro. Além disso, este ano ele muda de signo: sai de Capricórnio (onde está em casa) e vai para Aquário.

Texto: @in.flua



Fale com a Redação

6 + 12 =