ENEM – Instituições tentam adiar data do exame; inscrições vão até 22 de maio

O Enem impresso será aplicado nos dias 1º e 8 de novembro e a versão digital, em 22 e 29 de novembro.

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2020 registrou, até as 16h da última quarta-feira (13), um total de 2.382.237 inscritos, sendo 2.286.611 inscrições para a versão impressa e 95.626 para o Enem Digital. As inscrições foram abertas no dia 11 e podem ser feitas na Página do Participante, que pode ser acessada pelo site do Enem. Os estudantes têm até 22 de maio para se inscreverem.

Quando usar máscara de pano

Para quem já tem cadastro no portal de serviços digitais do governo federal, basta entrar com CPF e senha, que é única para o gov.br, e fazer a inscrição. Também é possível se inscrever no exame e somente depois realizar o cadastro no portal gov.br. O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) preparou um vídeo com todos os passos para fazer a inscrição, disponível no canal do instituto no YouTube e na Página do Participante.

 

Isenção da taxa

A gratuidade para todos os participantes que preencham os requisitos descritos no edital, mesmo sem o pedido formal de isenção, está assegurada pelo Inep. Os isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de provas e não justificaram a ausência também têm o benefício garantido.

Para quem não se enquadra nos perfis para a isenção, o valor da taxa de inscrição permaneceu o mesmo do ano passado: R$ 85, que deverá ser pago até o dia 28 de maio, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU).

O Enem impresso será aplicado nos dias 1º e 8 de novembro e a versão digital, em 22 e 29 de novembro.

 

Enem é aceito para ingresso em 50 universidades portuguesas

Desde a última terça-feira (12), 50 instituições de ensino superior em Portugal aceitam os resultados do Enem como critério para ingresso de estudantes brasileiros em cursos de graduação.

A última instituição do país europeu a firmar acordo com o Brasil foi o Ipam (Instituto Português de Administração de Marketing), com sede na cidade do Porto. No site do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) está publicada a lista de universidades e institutos conveniados.

Cada universidade define as regras para a admissão e o peso das notas. A presença de estudantes estrangeiros nas universidades portuguesas é regulamentada por lei. Os brasileiros que venham a se formar no exterior precisam revalidar o diploma profissional no Brasil para poder exercer suas atividades.

Os brasileiros formam a maior comunidade de estrangeiros em Portugal. São mais de 150 mil em um total de 10,2 milhões de portugueses e estrangeiros naquele país da Península Ibérica. A residência em Portugal exige visto de permanência, que deve ser providenciado no Brasil por meio de agente ligado aos serviços consulares portugueses.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

quatro × 4 =