A Basf está inovando na reciclagem de resíduos plásticos por meio do projeto ChemCycling. A reciclagem química é uma maneira inovadora de reutilizar os resíduos plásticos que não são atualmente reciclados, como plásticos misturados ou contaminados. Dependendo da região, esse tipo de resíduo é geralmente enviado para o aterro sanitário ou incinerado com recuperação energética. Mas a reciclagem química oferece outra opção: usando processos termoquímicos, esses plásticos podem ser utilizados para produzir gás de síntese ou óleo de pirólise. As matérias-primas recicladas resultantes podem ser usadas como insumos na produção, substituindo parcialmente os recursos fósseis.

De forma inédita, a empresa fabricou produtos baseados em resíduos plásticos quimicamente reciclados, sendo, portanto, pioneira global no setor. “O uso responsável de plásticos é essencial para resolver o problema mundial de resíduos. Isto se aplica às empresas, instituições e consumidores. Com a reciclagem química, queremos contribuir significativamente com a redução da quantidade de resíduos plásticos”, afirma Martin Brudermüller, presidente do Conselho Diretivo e CTO (Chief Technology Officer) da Basf SE. “Com o nosso projeto, estamos usando o resíduo plástico como matéria-prima. Desta forma, criamos valor para o meio ambiente, sociedade e economia. Juntamos forças com parceiros em toda a cadeia de valor para estabelecer um modelo circular”, considera Brudermüller.