COTIDIANO

Dnit “manda” empresa retomar obra

12 de dezembro de 2017 às 11:54
Publicidade

Marechal Rondon – A Superintendência Regional do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) no Paraná determinou, pela ordem de reinício de serviços número 005/2017, a retomada das obras da duplicação da BR-163 entre Toledo e Marechal Cândido Rondon. A data para a Construtora Castilho voltar aos trabalhos é dia 15 deste mês, ou seja, nesta sexta-feira. Só há um detalhe: não há viva alma no canteiro de obras, desfeito ainda em agosto por falta de dinheiro. A frente de trabalho foi remanejada para outra parte do País.

O documento é uma consequência da liberação, mês passado, de R$ 49,5 milhões para a continuidade dos serviços naquele trecho que, até o momento, tem apenas seis dos 38,9 quilômetros duplicados, mesmo assim inacabados. A duplicação está totalmente parada há quatro meses. Ela deveria ter sido concluída em outubro deste ano.

Até ontem a empresa não tinha sido comunicada da determinação do Dnit, ao menos na unidade sediada em Marechal Cândido Rondon. Não há frente de trabalho para iniciar os serviços, tampouco previsão de novas contratações. Na construtora ninguém quis dar entrevista sobre o assunto.

O Dnit foi questionado se há alguma penalidade à empresa se os trabalhos não forem retomados na sexta-feira, mas não houve retorno.

Valores

Todo o trecho a ser duplicado está orçado em R$ 306,5 milhões aos cofres públicos. Até o momento, apenas 13% foram aplicados – na duplicação dos seis quilômetros – e outros 16% foram liberados mês passado (R$ 49,5 milhões), totalizando assim a liberação de 29% da previsão orçamentária.

O que chama a atenção é que ainda não há qualquer garantia de que os 71% necessários chegarão de fato à região. Vale lembrar que R$ 200 milhões estão previstos para 2018 como emendas parlamentares não impositivas, o que significa que não há obrigação alguma para liberação da verba.

A duplicação da BR-163 entre Toledo e Marechal Cândido Rondon teve início há três anos e sua conclusão estava prevista para outubro de 2017. Agora a nova data prevista para entrega do trecho duplicado é o fim do ano que vem.

 

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE