ECONOMIA

Diesel tem alta de mais de 4% em julho

02 de agosto de 2022 às 10:34
Motoristas formam fila à espera de combustível. Nos postos visitados, apenas havia diesel S10.
Publicidade

Segundo último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), o preço médio do litro do diesel comum fechou o mês de julho a R$ 7,78, com alta de 4,84% se comparado com o fechamento de junho. Já o diesel S-10 aumentou 4,75% e foi comercializado a R$ 7,88 nas bombas de abastecimento do País.

“O preço do diesel já está mais caro que o da gasolina e, desde dezembro de 2021, mês do último recuo identificado, o IPTL não registra nenhum respiro no preço do combustível. No dia 17 de junho, data em que passou a valer o último reajuste no repasse às refinarias para o diesel, o valor do litro disparou nas bombas de abastecimento do País. Quando analisamos a paridade com o mercado internacional, ainda temos uma situação de preço nacional de 10 centavos acima da paridade para o diesel, de acordo com entidades do setor”, destaca Douglas Pina, Diretor-Geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil.

No recorte regional, as médias mais altas para os dois tipos de diesel foram registradas no Norte, a R$ 8,07 o comum e R$ 8,19 o S-10, com acréscimos de 4,78% e 5,08%, respectivamente. O litro com o preço médio mais baixo foi registrado na Região Sul, a R$ 7,38 e R$ 7,47, ambos com altas de 5,14%.

Na análise por Estado, Roraima registrou as maiores médias para os dois tipos de diesel e as altas mais expressivas, no comparativo com junho. O tipo comum aumentou 8,61% e passou de R$ 7,82 para R$ 8,50. Já o S-10, que em junho estava R$7,91, aumentou 8,52% e passou a custar R$ 8,58. Somente a Bahia registrou queda no preço dos combustíveis, em relação ao mês anterior, sendo 0,98% para o comum, que passa a custar R$ 7,66, e de 1,41%, para o tipo S-10, que fechou a R$ 7,76.

Os Estados que apresentaram os combustíveis pelas médias mais baixas foram o Paraná, onde o tipo comum foi encontrado a R$ 7,37, com acréscimo de 4,93% no preço; e em Santa Catarina, que comercializou o tipo S-10 a R$ 7,46, com alta de 4,70%.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE