Estimular constantemente o cérebro prolonga a saúde mental e fortalece as suas habilidades. Da mesma forma que os demais órgãos do corpo, o cérebro precisa se manter ativo e exercitado para garantir um ótimo funcionamento ao longo da vida. Por isso, criar hábitos saudáveis na rotina diária podem ajudá-lo a potencializar o desempenho dos seus estímulos, fortalecer a capacidade de atenção, aumentar a concentração e ainda ajudar na memorização das informações que processamos a cada dia.

Nesse contexto, os especialistas da saúde recomendam realizar diversas atividades como parte da sua rotina e, desse modo, manter o cérebro ativo tanto nas suas funções cognitivas quanto no desenvolvimento intelectual.

Para isso, entre os principais hábitos encontram-se as sessões de leitura, a prática de exercício físico e da alimentação balanceada, bem como dedicar algum tempo aos jogos de memória e resolução de enigmas que, praticados com alguma frequência, contribuem significativamente no fortalecimento do raciocínio.

 

Ponha em prática a Ginástica Cerebral

Ao mesmo tempo que malhar os músculos do corpo beneficia a sua saúde física, exercitar o cérebro traz inúmeras vantagens ao sistema neuronal. A ginástica cerebral consiste em estimular os dois hemisférios do cérebro a trabalharem simultaneamente, permitindo ao órgão sair da zona de conforto para contribuir com o desenvolvimento de novas conexões neurais e de neurotransmissores, como a endorfina, a dopamina e a adrenalina.

Na prática, isto significa realizar atividades que exigem ao cérebro mudar uma função que é realizada normalmente como um movimento mecânico, por exemplo, escovar os dentes com a mão menos dominante, utilizar um trajeto diferente para casa ou trabalho ou se divertir com jogos como caça-palavras que, entre outras coisas, garantem o desenvolvimento da agilidade mental e e da atenção.

 

Jogos para manter o cérebro ativo

A dinâmica dos jogos de mesa, principalmente aqueles com foco na lógica e no raciocínio, estabelece desafios que ajudam na criação de estratégias, engajamento e confiança que potencializam a atividade cerebral, a memória e o aprendizado, além de diminuir sintomas de estresse e ansiedade. Nesse sentido, organizar uma reunião entre amigos ou familiares para jogar uma partida de xadrez ou bingo, por exemplo, pode ser um bom motivo não só para se divertir, mas também para fortalecer a sua mente.

No entanto, enquanto as atividades grupais são cada vez mais limitadas por conta da situação sanitária mundial, há diferentes alternativas para praticar os jogos de mesa, desta vez, no conforto da sua casa e de forma digital. Para isso, existem plataformas na Internet que disponibilizam diversas opções de jogos clássicos, nas quais é possível acessar as partidas de poker, baccarat ou blackjack através de dispositivos móveis ou do computador.

Outra possibilidade das plataformas de jogos online é o acesso aos mecanismos e às particularidades de cada jogo, o que permite aos jogadores amadores conhecer todas as regras de cada jogo e, para quem já tem alguma experiência, experimentar as diferentes temáticas, além de ter a chance de ganhar prêmios que podem ser redimidos no mesmo site a partir de slots e rodadas gratuitas e ilimitadas.

 

Mais jogos para se divertir e manter a atividade cerebral

Além dos clássicos e populares jogos de estratégia, existem outros exercícios mentais como as palavras-cruzadas, os jogos das diferenças e atividades de lazer como a escrita, a aprendizagem de um novo idioma, ou tocar um instrumento musical. Ao incluir essas atividades na sua rotina, você poderá aumentar a sua capacidade de atenção e fortalecer a memória — seja realizando as mesmas de forma digital quanto no papel.

Dessa maneira, estimular o cérebro não é só uma forma de manter uma mente ativa, é também uma ótima prática que lhe permitirá cuidar da saúde mental ao longo dos anos. Por isso, a recomendação é seguir uma rotina de exercícios físicos e cognitivos para fortalecer a funcionalidade cerebral — pelo menos duas vezes por semana e por um período mínimo de uma hora — que, acompanhados dos hábitos de alimentação balanceada, o beneficiarão ao longo prazo.