Como curar a ressaca rápido

A ressaca é causada pelo consumo de bebidas alcoólicas em exagero, provocando sintomas como desconforto, enjoo ou dor de cabeça.

Unimed

Segundo o clínico-geral Arthur Frazão, a ressaca é causada pelo consumo de bebidas alcoólicas em exagero. O álcool para ser eliminado pelo organismo tem que ser transformado, no fígado, em ácido acético, e para isso tem que ser transformado primeiro em acetaldeído que é ainda mais tóxico que o álcool. Como o fígado demora muito tempo a fazer essa transformação, o álcool e o acetaldeído continuam a circular no organismo até serem transformados em ácido acético.

O acetaldeído é uma substância tóxica que se deposita em vários órgãos do corpo, exercendo toxicidade e provocando assim os sintomas da ressaca. Além disso, durante o metabolismo de um excesso de álcool, o corpo não libera açúcar no sangue em situações de jejum com tanta eficiência, podendo por isso causar hipoglicemia. O álcool também faz com que seja eliminada mais água, podendo causar também desidratação.

Dicas para amenizar os efeitos da ressaca:

  1. Tomar duas xícaras de café preto sem açúcar, porque o café reduz o inchaço dos vasos sanguíneos que causam a dor de cabeça e ajuda o fígado a metabolizar suas toxinas;
  2. Tomar um remédio para ressaca como o Engov, por exemplo, que ajuda a diminuir os sintomas da ressaca como dor de cabeça e enjoos.
  3. Beber bastante água, porque o álcool causa desidratação, por isso se deve beber vários copos de água ao longo do dia;
  4. Beber suco de frutas natural, porque esses sucos possuem um tipo de açúcar chamado frutose que ajuda o corpo a queimar o álcool mais depressa. Um copo grande de suco de laranja ou tomate ajuda também a acelerar a remoção de álcool do organismo;
  5. Comer biscoitos de mel, porque o mel também possui uma forma concentrada de frutose, que ajuda a eliminar o álcool do organismo;
  6. Tomar uma sopa de legumes, que ajuda a repor o sal e o potássio que o corpo perdeu durante o consumo de álcool, combatendo a ressaca;
  7. Intercalar um copo de água entre cada copo de bebida alcoólica e beber água antes de ir dormir. Ao acordar, tomar uma xícara de café bem forte, sem açúcar;
  8. Os alimentos que podem melhorar o mal-estar são maçã, melão, pêssego, uva, tangerina, limão, pepino, tomate, alho, cebola e gengibre;
  9. Outra dica importante é descansar sempre que possível adotando uma alimentação leve, pois assim o corpo consegue se recuperar mais rapidamente eliminando as toxinas produzidas no fígado devido ao consumo exagerado de bebidas alcoólicas.

Como beber sem ficar de ressaca

Para prevenir a ressaca o mais recomendado é não beber exageradamente, mas também se pode tomar uma colher de azeite de oliva extra virgem algumas horas antes do consumo das bebidas e sempre intercalar um copo de bebida alcoólica com um copo de água. Outras dicas são:

Nunca beber de estômago vazio e sempre beber um copo de água ou de suco de fruta natural entre cada dose de bebida alcoólica;

Tomar um grama de carvão vegetal ativado antes de consumir as bebidas alcoólicas;

Comer algo com gordura, como um pedaço de queijo amarelo, por exemplo, entre cada copo de bebida.

Assim, evita-se a desidratação e a hipoglicemia e o corpo tem mais tempo para metabolizar o etanol, diminuindo o risco da ressaca.

 

Como identificar a ressaca:

A ressaca pode acontecer com qualquer pessoa, basta ter consumido mais álcool do que seu fígado é capaz de metabolizar. Alguns dos principais sintomas da ressaca são:

  • Dor de cabeça forte;
  • Dor nos olhos e sensibilidade ao som e à luz;
  • Enjoo e vômito;
  • Mal-estar geral;
  • Dores no corpo;
  • Dor de estômago;
  • Boca seca e muita sede;
  • Falta de apetite;
  • Não se lembra do que aconteceu na noite anterior.

Geralmente esses sintomas surgem no dia seguinte, depois de dormir, mas podem surgir antes, entre 4 a 6 horas após parar de beber. A intensidade dos sintomas varia de acordo com a quantidade de álcool que a pessoa consumiu e, por isso, se a pessoa não se lembra de nada da noite anterior, significa que ela consumiu uma grande quantidade de álcool e encontra-se num estado chamado Blackout Alcoólico, que é a perda temporária de memória.

 

 


Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação