Começa oficialmente à 0h deste domingo (4) a 44ª edição do horário brasileiro de verão. Os relógios terão de ser adiantados em uma hora e seguem dessa forma até o dia 16 de fevereiro de 2019, quando devem ser atrasados.

O objetivo é reduzir o consumo de energia elétrica nos chamados horários de pico, especialmente das 18h às 21h. No Paraná, onde o horário de verão é adotado, a Copel estima conseguir alívio de carga de 4,5% no consumo simultâneo de energia nesse horário.

Adorado por alguns e detestado por outros, o horário de verão mexe com a rotina e com o sistema biológico das pessoas e dos animais, exigindo adaptações, tendo em vista que os dias ficam mais longos e as noites mais curtas.

Mais tarde

Neste ano o horário de verão começa três semanas mais tarde para não interferir nas eleições.

Atenção estudantes!

Para os estudantes que farão a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) neste domingo, primeiro dia da mudança do horário, é importante reforçar que os relógios precisam ser adiantados e monitorados para que não percam o horário do fechamento dos portões.

Em Cascavel as provas serão aplicadas em apenas dois locais: na FAG e na Univel e os portões fecham às 13h, impreterivelmente. O Núcleo Regional de Educação não soube precisar quantos alunos farão a prova no Município, mas em todo o Paraná são 237 mil inscritos, aptos à realização da avaliação que tem sua segunda etapa aplicada no dia 11 de novembro.