Comarca de Foz do Iguaçu recebe nova denúncia de falsa comunicação de crime

O homem disse que usaria o boletim de ocorrência para justificar a ausência em um curso

Na manhã desta terça-feira (10), a Delegacia de Santa Terezinha de Itaipu confeccionou um boletim de ocorrência no qual relatava que a pessoa de R.A., 34 anos de idade, teria sido vítima de roubo, segundo a vítima, teria chamado um mototaxista para uma corrida, quando este acabou anunciando o roubo e levando a sua carteira com todos os documentos e a quantia de R$ 450 (quatrocentos e cinquenta reais), no bairro Industrial.

Diante da informação, os policiais desconfiaram da história contada pela suposta vítima, e pediram para que este se deslocasse com a equipe para mostrar como o roubo havia acontecido.

Neste momento, o homem começou a se contradizer com as informações, confessando que havia mentido sobre o ocorrido. Chorando, o homem contou que teria perdido o horário de um curso que faria em Foz do Iguaçu e acreditou que com o boletim de ocorrência poderia justificar a ausência.

O homem deixou de ser vítima e responderá o crime de falsa comunicação de crime.



Fale com a Redação

20 − 2 =