São Paulo – Em situação confortável na liderança do Brasileirão, mas desfalcado e abatido pela eliminação dentro de casa na Libertadores, o Palmeiras junta os cacos para receber o Santos neste sábado, às 19h, no Allianz Parque, em clássico pela 32ª rodada da Série A.

Ponteiro com 63 pontos, a quatro do vice-líder Flamengo – sem chance de deixar a liderança nesta rodada, portanto – o Verdão sofreu uma considerável baixa no meio de semana para enfrentar o Peixe. O atacante Willian, que mais defendeu a equipe no ano, sofreu uma lesão que o deixará longe dos gramados por pelo menos um mês.

Seu habitual substituto no Brasileirão, Hyoran sofreu uma pancada durante os treinos e pode ficar fora. Com isso, Gustavo Scarpa e Guerra surgem como alternativas no setor ofensivo, além de Borja, utilizado por Felipão com a saída de Willian contra o Boca Juniors.

No Santos, que não perde há seis rodadas, o que lhe elevou à sétima posição na classificação e o permitiu sonhar com o G6, levou um susto no treino de quinta-feira ao ver Gabigol e Dodô deixarem o campo mais cedo após pancadas na atividade. Os dois, entretanto, não devem ser desfalques para o técnico Cuca no clássico.

Retomada gremista

Também eliminado da Libertadores no meio de semana, o Grêmio também retoma o Brasileirão com desfalques no elenco. Tentando deixar de lado a busca pelos pontos do jogo com o River Plate, o Tricolor gaúcho desafia o Atlético-MG às 17h deste sábado, no Independência, no jogo que abre a 32ª rodada. Luan segue fora, ainda em recuperação de lesão. Everton, mesmo tendo entrado contra o River, não apresenta condicionamento físico ideal para começar uma partida. Já Maicon e Jael e saíram com problemas musculares da semifinal da Libertadores e passaram a ser dúvidas. Ramiro também apresentou desgaste e pode ser poupado.