Toledo – Única equipe invicta no Grupo A da 1ª Taça do Paranaense de Futebol, o Toledo terá mais um clássico fora de casa antes do encerramento da primeira metade do Paranaense de Futebol 2019. No domingo, visitará o Cascavel CR às 17h, no Estádio Olímpico, com chances de avançar à semifinal do Estadual. Para isso, tem treinado focado nesse jogo, apesar de não depender das próprias forças para avançar de fase.

“Nosso primeiro objetivo no campeonato é não ser rebaixado, depois é conquistar uma vaga na Série D do Brasileiro. Para esta última rodada da 1ª Taça são três jogos para decidir as vagas na semifinal: Operário e Coritiba se enfrentam ambos com chance, e Londrina e Paraná Clube também, enquanto nós e Cascavel CR vejo como forças que se nivelam. Espero um bom jogo e estamos trabalhando para fazer nossa parte”, diz o técnico Agenor Piccinin, que na estreia na competição empatou sem gols no Olímpico contra o outro time cascavelense, o FC Cascavel.

Nesta semana que antecipa o clássico decisivo, o Toledo tem realizado atividades de recuperação dos jogadores. Na segunda-feira o elenco ganhou folga, na terça trabalhou em dois períodos, e ontem realizou atividade de academia durante a manhã e treino “leve” físico e de fortalecimento à tarde. Hoje e amanhã os trabalhos serão apenas à tarde. Após ter sido vetado no último fim de semana, no empate sem gols com o Cianorte, o lateral-esquerdo Adriano segue como dúvida.

Na última rodada da 1ª Taça, para o Toledo avançar à semifinal precisa vencer o Cascavel CR e torcer para que Operário ou Londrina não vençam seus compromissos.