Coluna Esplanada do dia 25 de setembro de 2019

Previdência avança

Senadores aliados ao governo do presidente Jair Bolsonaro avaliam que a PEC da Reforma da Previdência deverá ser aprovada em primeiro turno com ampla maioria de votos. Levantamentos repassados a ministros e articuladores políticos do Planalto apontam que cerca de 60 dos 81 senadores votarão a favor. Para ser aprovada, a PEC precisa dos votos de, pelo menos, 49 votos. Pelo cronograma dos senadores, a conclusão da análise da PEC, em segundo turno, está prevista para a última semana de outubro.

Direita em debate

Os conservadores, das ruas às redes sociais, vão se reunir na 2ª Convenção dos Movimentos de Direita das Américas, dias 3 e 4 de outubro, na Alesp.

***Frevo eleitoral

O deputado federal Silvio Costa Filho, pré-candidato, repete que o partido Republicanos pode levar a Prefeitura do Recife, a despeito do Poder do DEM e PSB hoje na cidade.

Antirrobôs

O presidente Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, assinam decreto que torna mais rígidas as regras do pregão eletrônico. Entre outros pontos, as mudanças visam combater práticas de envio automático de lances por meio de programas de inteligência artificial – os chamados robôs – utilizados para reduzir preços a fim de desestimular a participação de outros licitantes.

Tudo online

O decreto também obriga o uso do pregão eletrônico por estados e municípios que recebem recursos por meio das transferências da União. O pregão foi usado pelo governo federal em 99,71% das licitações de 2018 em contratos de R$ 19 bilhões.

***Lucro$

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado poderá aprovar projeto que prevê a cobrança de Imposto de Renda sobre a distribuição de lucros e dividendos. A proposta (PL 2.015/2019), do senador Otto Alencar (PSD-BA), elimina a atual isenção do IR e estabelece o percentual em 15%, descontado na fonte.

Ministros Pop

Apesar da baixa popular de Bolsonaro, os ministros Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Augusto Heleno (GSI) e Damares Alves (Direitos Humanos) são os líderes de popularidade nas redes sociais no alto escalão do governo. É o que constata o Índice de Popularidade Digital da Quaest.

Questionamento

A ministra Damares Alves, dos Direitos Humanos e Mulher, acionou o Ministério Público Federal para investigar possível apologia ao crime de aborto sobre as reportagem publicada pelo site AzMina, na qual enumera opções de como executar abortos. A Fenaje e a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo repudiam.

Oi, gente

Após a tentativa fracassada de tirar da Refit o patrocínio do Cristo Redentor, no Rio, a Shell resolveu apelar para uma campanha publicitária a fim de criar algum vínculo com os cariocas. Resolveu tirar R$ 20 milhões do bolso para propagandas.

Inadimplência

O número de consumidores com nome sujo continua crescendo. Em agosto, houve avanço de 2% na quantidade de inadimplentes em relação ao mesmo mês do ano passado. Por região, apenas o Nordeste apresentou queda no número de negativados, com resultado de -0,69%. Norte, Sudeste, Sul e Centro-Oeste registraram crescimento no volume de consumidores com restrição de CPFs.

Raios X

Os inadimplentes devem, em média, R$ 3.277. Contas básicas de água e luz seguem puxando ranking de atrasos, segundo o SPC Brasil e a CNDL.

Nossa casa

O mercado imobiliário aposta que o programa Minha Casa, Minha Vida vai continuar segurando os números positivos do setor. De acordo com a Abrainc, as residências para as classes média baixa e baixa foram responsáveis por 76% dos lançamentos e 70,3% das vendas residenciais no período.

***Selva do Rio

A gerência de patrulhamento da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, do secretário Marcelo Queiroz, resgatou 1.533 animais silvestres na cidade do Rio de Janeiro este ano. Os campeões são gambás (911), seguido por 57 gaviões, 52 micos e 39 urubus.

 

 



Fale com a Redação

cinco × 2 =