Tem gente que ainda está tentando entender como será a disputa da Série Ouro do Futsal Paranaense. Boa parte das dúvidas se deve ao fato de a FPFS, mesmo depois de 24 horas da realização do arbitral, não ter divulgado nada sobre o campeonato em seu site oficial e nas suas redes sociais. Parece que falta uma assessoria efetiva.

Mas vamos ao que interessa.

Vou tentar explicar.

Serão 16 times na primeira fase. Todos se enfrentam em turno único. 15 jogos para cada time.

Terminada a fase, os quatro melhores pulam direto para a terceira fase. Ou seja, terão que ficar cerca de 15 dias sem atuar até que a segunda fase seja resolvida.

A segunda fase terá confrontos entre 5º x 12º, 6º x 11º, 7º x 10º, 8º x 9º. Os vencedores desses confrontos se juntam aos quatro melhores da fase anterior e seguem na busca do título. Os perdedores desses confrontos se juntam aos 13º, 14º, 15º e 16º para disputar a Taça FPFS, que deverá indicar os quatro times rebaixados.

Escalado

Participei ontem de uma coletiva on-line com a cúpula da Rede Massa e da Federação Paranaense de Futebol. Time escalado para as transmissões do estadual. As narrações serão de Luiz Alano e Marcelo Ortiz. O comentarista titular é Guilherme de Paula, que já coordena o esporte na emissora. Também teremos alguns comentaristas convidados do interior para dar um ar mais regional às transmissões.

Telinha

Por falar em transmissão, o FC Cascavel definiu que fará a transmissão de seus jogos no YouTube, desde que tenha o aceite dos times adversários. A ideia é fazer todas as partidas que não forem mostradas pela Rede Massa. Neste caso, a narração deve ficar com o Chu-Chuveirou, Francis da Silva, que já narrou os jogos na Série D.

Dindim

Presidente Hélio Cury disse que ainda não está definido como será o repasse da verba da Rede Massa aos clubes. Possivelmente, seja dividida em três parcelas, com a primeira já em março, mas isso será decidido nas próximas semanas. Também dependerá da classificação a cada rodada a definição de qual partida será transmitida.

Stein

O bem estruturado projeto do Stein Futsal deu mais um passo para a consolidação no cenário nacional. O time havia ficado de fora da nova versão da Liga Nacional Feminina, que adota um sistema de franquias. Porém, acabou ficando com uma vaga por conta da desistência do Maringá e dos resultados que teve no ano passado, já chamando a atenção dos dirigentes e equipes. Boa sorte no NFFB.

Palpite

Eu acho que ainda vai dar Inter, mas é só um palpite. O Flamengo tem um tabu com o São Paulo, que ainda precisa do resultado para ficar no G4. Já o Inter pega um Corinthians desanimado, tendo como única possibilidade de motivação uma vaga na terceira fase da Copa do Brasil se ganhar algumas posições. É muito pouco. O Flamengo deve sofrer mais para fazer a sua parte, se fizer.