PR no Sub-17

A paranaense Erica Gomes, 15, foi convocada para a Seleção Brasileira de Futebol Feminino Sub-17. Erica iniciou no Programa Aprender & Jogar do Sesc Paraná, no Bairro Pinheirinho, em Curitiba, quando tinha dez anos de idade. O Aprender & Jogar é um programa do Sesc Paraná voltado à iniciação esportiva gratuita de crianças e adolescentes. Erica irá representar e inspirar milhares de jovens paranaenses.

 

PR no Sub-17 II

Erica praticou todas as modalidades esportivas ofertadas pelo programa e se descobriu no futebol. Com grande habilidade na perna esquerda, logo se destacou, despertando o interesse do Internacional, de Porto Alegre, time pelo qual disputou o último Campeonato Brasileiro Sub-16, com excelente desempenho como lateral esquerda, sendo convocada para a Seleção Brasileira.

 

Business matching

Maringá é uma das dez cidades espalhadas pelo mundo que participam do seminário internacional ancorado por Dongguan, na China. O evento virtual funciona como uma espécie de networking entre instituições públicas, ambientes econômicos e empresas. O objetivo é o estabelecimento de parcerias envolvendo novos negócios e cooperação econômica. O seminário ocorrerá nesta sexta-feira, 30, com transmissão ao vivo via plataforma Zoom.

 

***Websérie BRDE

O BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) lançou nesta semana no Paraná uma websérie que destaca seus parceiros. O objetivo é complementar a campanha dos 60 anos da instituição e reforçar o papel do BRDE para empresas que procuram inovação e desenvolvimento ao longo dos anos de história da instituição financeira. A série de vídeos será divulgada nas redes sociais oficiais do BRDE.

 

Paridade no Júri

O senador Flávio Arns (Podemos) apresentou projeto de lei que estabelece a paridade de vagas entre homens e mulheres nos conselhos de sentença dos tribunais do júri. De acordo com a proposta, dos sete jurados que compõem o conselho, pelo menos três deverão ser mulheres. “Foi pensando no caso Tatiane Spitzner, onde o jurado era formado exclusivamente por homens”, disse Arns.

 

Reforma tributária

A FNP (Frente Nacional de Prefeitos) se posicionou contra a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 110/2019, que trata sobre a reforma tributária e tramita no Senado. Pela medida, o País teria dois tributos sobre consumo: CBS (Contribuição sobre Bens e Serviços) e IBS (Imposto sobre Bens e Consumo). “A PEC distorce o pacto federativo e fere a autonomia dos governos locais ao propor a unificação de tributos estaduais e municipais”, diz a FNP.

 

***Reforma tributária II

O relator da reforma tributária, deputado Celso Sabino (PSDB-PA), disse que, entre os ajustes que estão sendo feitos no seu relatório, está a isenção das empresas do Simples Nacional do pagamento de impostos sobre a distribuição de lucros e dividendos. A medida gerou insatisfação de vários setores, especialmente médicos e profissionais liberais, que alegam que pagarão mais impostos.