A contagem regressiva para a primeira etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude entra na sua fase final. O COB (Comitê Olímpico do Brasil) acerta os últimos detalhes para a maior competição escolar do País, que começará segunda-feira (2) em Cascavel (PR), com disputas em quatro esportes coletivos e em duas categorias de idade.

Uma equipe com 42 profissionais de diversas áreas de atuação, somados a 11 especialistas do Comitê Organizador local, prepara o terreno para receber 844 participantes, entre atletas, técnicos e oficiais de oito estados brasileiros.

Cascavel recebe os Jogos Escolares da Juventude pela primeira vez. Será a quarta cidade paranaense a sediar a maior competição escolar do País, um recorde (Curitiba, Londrina e Maringá já receberam o evento).

 

REGIONAL AMARELA

Denominada Regional Amarela, a competição contará com escolas de Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Santa Catarina não participa do regional por ser a sede do evento nacional, em novembro, em Blumenau e, portanto, tem vaga garantida nos 16 torneios dos quatro esportes coletivos: basquete, futsal, handebol e vôlei, no masculino e no feminino, em duas faixas etárias: 12 a 14 anos e 15 a 17.

 

LOCAIS DE DISPUTA

Os quatro esportes coletivos dos Jogos Escolares da Juventude ocorrerão em oito quadras esportivas de Cascavel. O basquete será disputado no Instituto Federal do Paraná e no ginásio da Unopar. O futsal no Ginásio Sérgio Mauro Festugatto, que fica dentro do Complexo Esportivo Ciro Nardi, e no CIE Alice Martelli. Os confrontos do handebol e do vôlei serão realizados em quatro quadras do Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz. As tabelas dos 16 torneios classificatórios serão definidas neste sábado (31) e a entrada do público é gratuita.