Cascavelense se mantém na vice-liderança do TN Virtual

A corrida foi bastante movimentada com diversos toques até que Luis Piccolo assumiu a ponta com o Fiat Argo

A etapa de Goiânia do Turismo Nacional Virtual, disputada na última quinta-feira à noite, premiou a regularidade do piloto gaúcho Alberto Brod e manteve o cascavelense Wyllian Cezarotto na vice-liderança. Com três pódios em quatro corridas, Brod disparou na vice-liderança do campeonato e passa a ser favorito à conquista do título a bordo do Fiat Argo da Scuderia TechForce. Ele tem 227 pontos, contra 143 de Cezarotto, que compete com Ford New Fiesta.

Quando usar máscara de pano

Na primeira corrida da noite, Brod chegou em quarto lugar, conseguindo se livrar de um acidente incrível logo na largada quando o pole position Laerton Souza teve problemas de câmbio e não conseguiu largar. A corrida foi bastante movimentada com diversos toques até que Luis Piccolo assumiu a ponta com o Fiat Argo. Carlos Erwig fechou em segundo lugar e Thiago Brasil ficou em terceiro.

A segunda prova teve a inédita vitória de Peter Tubarão e seu VW UP da Paioli Racing. Alberto Brod aproveitou as chances que teve e conquistou o segundo lugar, com o goiano Edson do Valle chegando em terceiro com o Renault Kwid.

A corrida três também teve incidentes na largada, especialmente da galera do fundão. Lá na frente, Laerton Souza disparou na liderança da prova depois de um pequeno duelo com Alberto Brod, que repetiu o segundo lugar. Em uma prova de recuperação, Gustavo DalPizzol chegou em terceiro, com o VW Gol G8.

A quarta corrida foi a mais disputada de todas, com duelos em diversas posições. O gaúcho Laerton Souza repetiu a vitória, seguido de Luis Piccolo e Alberto Brod.

A pista de Goiânia volta a ser o palco da TN Virtual, agora as categorias A e B, no dia 18 de maio. A PRO volta a pista no dia 21 de maio, com a etapa em Campo Grande.

 

Classificação do TN Virtual após 3 etapas

Pos.   Piloto         Carro         Pontos

1º)     Alberto Brod        Fiat Argo    227

2º)     Wyllian Cezarotto Ford New Fiesta   143

3º)     Laerton Souza      Hyundai HB20     132

4º)     Edgar Favarin       Hyundai HB20     121

6º)     Juliano Bastos      94

7º)     Wanderson Freitas         VW Gol G8         89

8º)     Luís Piccolo         Fiat Argo    84

9º)     Carlos Erwig        Fiat Argo    78

10º)   Thiago Baum       GM Ônix    77

 


Ferrari na Indy

Campeão mundial da Fórmula 1 em 1978 e da Fórmula Indy em 1960 e em 1984, aos 80 anos, Mario Andretti continua militando no automobilismo e criando assunto durante a crise do coronavírus. Ele quer ver a Ferrari na Fórmula Indy e já sugeriu que os dirigentes da escuderia italiana conversem com Roger Penske, novo dono da categoria norte-americana. Andretti diz que seria incrível a Ferrari participar da Indy. E em uma 500 Milhas de Indianápolis seria fantástico.

 

 

Audiência

A Rede Globo tem conseguido excelentes índices de audiência com a reprise de corridas memoráveis de Ayrton Senna. A explicação é simples. Quem viveu aquela época assiste para recordar com nostalgia os bons tempos da Fórmula 1 e quem nasceu no pós-Ayrton Senna assiste para ver como era bom ver o brasileiro triunfar e entender por que Senna é o grande ídolo do País.

 

 

 

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

oito − um =