Cascavel nos Japs

Cascavel será uma das maiores delegações na competição multidesportiva entre municípios, com cerca de 300 pessoas, sendo 270 atletas, que estarão em 26 equipes para as disputas em 15 modalidades.

Em meio à notícia de que algumas modalidades ficarão sem subsídio público municipal até o fim de 2020, o esporte cascavelense vive uma semana de concentração, também, para a fase final da 62ª edição dos Japs (Jogos Abertos do Paraná), Divisão A, que terá início sexta-feira (11) em Toledo.

Cascavel será uma das maiores delegações na competição multidesportiva entre municípios, com cerca de 300 pessoas, sendo 270 atletas, que estarão em 26 equipes para as disputas em 15 modalidades.

Os cascavelenses competirão nos dois naipes no atletismo, no bolão, no caratê, no futsal, no handebol, no judô, na natação, no taekwondo e no xadrez, além do basquete masculino, da bocha feminina, da ginástica rítmica, do rúgbi masculino, do voleibol feminino e do vôlei de praia masculino.

Assim, a delegação da cidade da Cobra não terá representante algum apenas no badminton, no ciclismo, no futebol e no tênis.

Ao todo, os Japs devem reunir cerca de 5 mil pessoas na disputa de 20 modalidades em Toledo, até o dia 20. A abertura oficial será neste sábado (12), às 19h30, no Parque Ecológico Diva Paim Barth.

Histórico recente

Em 2018, Cascavel terminou os Jogos Abertos em quarto lugar, atrás de Maringá, Londrina e Foz do Iguaçu, que novamente serão as principais concorrentes na classificação geral por pontos, juntamente com a cidade anfitriã. No ano passado, em Londrina, Cascavel foi campeão no bolão (feminino e masculino), no handebol (feminino e masculino) e no judô feminino. Já o taekwondo (feminino e masculino) ficou em segundo lugar e outras sete equipes terminaram em terceiro lugar: caratê feminino, ciclismo masculino, futsal masculino, natação feminino, rúgbi masculino, tênis mesa masculino e vôlei de praia masculino.

 



Fale com a Redação

1 × 1 =