Os leilões são considerados uma boa forma de se obter um veículo com desconto, embora essa não seja a primeira opção adotada pelos consumidores. O grande atrativo desse negócio é o valor abaixo do preço de tabela. Com o arremate de um automóvel, você pode gastar até 30% menos do que se adquirisse o automóvel na concessionária. A modalidade também cresceu nos últimos anos por causa do leilão online. Apesar disso, esse tipo de negócio exige alguns cuidados.

O melhor custo-benefício é arrematar veículos provenientes de frotas de grandes empresas. Elas costumam leiloar os automóveis para renovar os modelos dos carros, ônibus ou caminhões. Nesses casos, o consumidor tem mais segurança na aquisição do produto. Existem, no entanto, outras possibilidades. As seguradoras também colocam em leilão aqueles veículos sinistrados, ou seja, com ranhuras ou problemas possíveis de reparar.

Os especialistas, contudo, recomendam tomar cuidado quando a transação é com veículos batidos. Eles podem ser baratos, mas podem representar um gasto financeiro maior do que você pretendia depois do arremate. Em muitos casos, a transação não compensa. É por causa disso que é mais seguro entrar em um leilão de renovação de frota. De qualquer forma, você pode verificar todas as informações do veículo no edital do leilão.

O documento é muito importante e precisa ser lido com atenção por todos que desejam participar de leilões. Nele, há informações sobre o atual estado do veículo, entre outras instruções para aqueles que desejam dar um lance. Uma das principais dicas ao definir o valor que você está disposto a desembolsar é não agir por impulso. Faça as contas previamente antes de começar a participar dos lances e não caia em tentação de ir além da sua condição financeira, até mesmo porque o pagamento deverá ser realizado à vista.

Outra sugestão é participar como observador de um leilão, caso você seja novato nesse tipo de transação. Com essa experiência, você poderá entender como funcionam os lances e a dinâmica dos leilões, sejam eles físicos ou virtuais. A grande vantagem da internet é poder participar à distância e arrematar um produto com poucos cliques. Mas, no caso dos leilões de automóveis, o indicado é visitar o veículo no pátio.

O consumidor não pode, no entanto, dar a partida com a chave e fazer um test drive. Essa possibilidade foi vetada depois que houve alguns casos de roubo em leilões. Por causa disso, leve um mecânico de sua confiança, porque você poderá avaliar algumas questões externas, como a pintura e o desgaste dos pneus.

Por fim, fique atento a todas as informações do veículo. Realize uma consulta no departamento de trânsito no qual o veículo está registrado e confira todos os débitos, acidentes e outros detalhes sobre o automóvel. Depois que o veículo for transferido para você, os custos inerentes ao veículo serão de sua responsabilidade.