Com nove vereadores reeleitos da última legislatura, o ano de 2021 foi de mudanças no Legislativo municipal de Cascavel. Passada a primeira metade do ano, a atual legislatura produziu 1.175 proposições, sendo 53 projetos de Lei Ordinária, quatro projetos de Resoluções, 234 requerimentos, 10 projetos de Decreto Legislativo, 37 moções, 793 indicações, 43 projetos de Emendas à Lei Ordinária e uma Subemenda.

Além disso, os parlamentares trabalharam sobre 47 mensagens do Executivo, além de quatro projetos de lei complementar. Os dados são do sistema SAPL (Sistema de Apoio ao Processo Legislativo) da Câmara de Cascavel.

No total, tramitaram na Câmara neste ano 100 projetos de lei, dos quais 42 já foram debatidos e aprovados, sendo que 38 já viraram lei e quatro aguardam sanção/veto do prefeito.

Em comparação ao mesmo período de 2020, a Câmara produziu 49% a mais. De 1º de janeiro a 30 de junho do ano passado, foram realizadas 781 proposições, sendo 66 projetos de Lei Ordinária, quatro projetos de Resoluções, 256 requerimentos, um projeto de Lei Complementar, 13 projetos de Decreto Legislativo, 10 moções, 410 indicações e 21 emendas.

A produção deste ano também foi superior ao início da legislatura anterior, com 1.059 proposições no mesmo período.

“Tivemos uma renovação da Câmara em 50%, então temos vereadores experientes que estão acelerados no trabalho, temos vereadores que estão passando por essa experiência e que se elegeram agora. Temos um diálogo franco com os vereadores o tempo todo para ajudar a pensar Cascavel. Temos vários vereadores que trazem as demandas dos bairros e os temas para discutirmos e isso tudo vira indicação, requerimentos, proposições, moções, projetos de leis, tudo isso faz que com que a gente tenha esse volume de ações. É fruto da persistência. Nós temos um Executivo que respeita as demandas dos vereadores, então tudo isso estimula o vereador a produzir, ele faz uma indicação o prefeito atende. Ele faz um requerimento o prefeito manda a resposta, enfim, isso faz com que o volume aumente cada dia mais dos vereadores”, avalia o presidente do Legislativo, Alécio Espínola (PSC).

 

Ranking

A reportagem do Jornal HojeNews fez levantamento da produção individual dos parlamentes. Foram levantadas as preposições realizadas pelos representantes nos primeiros seis meses de 2021, referentes a projetos de Lei Ordinária, projetos de Resoluções, requerimentos, projetos de Decreto Legislativo, moções, indicações, projetos de Emendas à Lei Ordinária e uma Subemenda. Muitos desses projetos foram assinados por mais de um vereador, o que conta a preposição para os dois parlamentares. Destaque para o vereador Policial Madril, que protocolou 13 projetos de lei ordinária, 68 indicações e 48 requerimentos, além de 17 moções, uma subemenda e 20 emendas.

 

Vereador     Proposições

 

Alécio Espínola (PSC)   56

Beth Leal (Republicanos)        63

Cabral (PL) 81

Celso Dal Molin (PL)    34

Cidão da Telepar (PSB) 108

Cleverson Sibulski (Pros)        58

Edson Souza (MDB)     43

Josias de Souza (MDB) 73

Dr. Lauri (Pros)    98

Mazutti (PSC)      70

Melo (PP)   42

Pedro Sampaio (PSC)    65

Policial Madril (PSC)     167

Misael Jr. (PSC) 6*

Professora Liliam (PT)   36

Professor Santello (PTB)         67

Rômulo Quintino (PSC)         34

Sadi Kisiel (Podemos)   63

Serginho Ribeiro (PDT) 46

Soldado Jeferson (PV)   73

Tiago Almeida (DEM)   92

Valdecir Alcantara (Patriota)    52

*Suplente