Bons de bola mostram talento no Olímpico e Ninho da Cobra

Os Jogos Bom de Bola seguem até domingo com partidas nos estádios Olímpico e Theodoro Colombelli

Modalidade que ganhou uma competição própria devida à importância dada por alunos-atletas de todo o Estado, principalmente os meninos, o futebol dos Jogos Escolares do Paraná começou ontem para os jovens jogadores matriculados nas instituições de ensino de Cascavel. Os Jogos Bom de Bola seguem até domingo com partidas nos estádios Olímpico e Theodoro Colombelli (Ninho da Cobra).

São cerca de 340 alunos-atletas de 12 a 17 anos de idade na disputa, representando 15 instituições de ensino (três particulares e 12 públicas). No naipe masculino, são 20 equipes participantes, sendo 12 na categoria A (15 a 17 anos) e 8 na B (12 a 14 anos).

No feminino, são apenas duas equipes, uma em cada categoria. Ambas representam o Colégio Estadual Marilis Faria Pirotelli, que, com isso, já estão garantidas na fase regional da competição, sem precisar competir na fase municipal.

Ontem, no primeiro dia de competição, destaque para as equipes do Colégio Marista. O time A goleou o do Colégio Estadual Jardim Santa Cruz por 4 a 1 e o B goleou o do Colégio Estadual do Campo São João por 5 a 1. Hoje, as partidas pela competição estão marcadas para as 9h, às 10h15, às 14h e às 15h15, tanto no Olímpico quanto no Ninho da Cobra.

Dobradinha na GR dos Jogos Escolares

A fase final da 66ª dos Jeps (Jogos Escolares do Paraná) para estudantes de 15 a 17 anos foi encerrada no fim de semana, em Foz do Iguaçu. A competição definiu os representantes do Paraná nos Jogos Escolares da Juventude, organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil e marcados para ocorrer de 16 a 30 de novembro em Blumenau (SC). No último dia de disputas na terra das Cataratas, teve atletas cascavelenses se destacando.

Na ginástica rítmica, das 24 atletas que participaram das classificatórias, dez disputaram a final nos aparelhos massa e bola. E dentre as finalistas estavam duas cascavelenses, que fizeram dobradinha de ouro e prata nos dois aparelhos.

Na bola, o primeiro lugar na bola ficou com a bicampeã dos Jogos Escolares da Juventude (etapa nacional) Kauany Zanettin Paes (foto), de 15 anos e que agora representa o Colégio Estadual Castelo Branco, da cidade de Toledo. O segundo lugar foi conquistado por Samara Sibin, de 17 anos e representante do Colégio Expressão/Cascavel. Já na massa as cascavelenses inverteram a posição no pódio. Samara Sibin (foto) ficou com o ouro e Kauany Zanettin Paes com a medalha de prata.

Despedida e estreia

Em seu último ano nas disputas nos Jogos Escolares – devido à idade ela competirá na categoria adulta a partir do ano que vem -, Samara Sibin sonha com conquistas maiores no esporte. “Já tenho 17 anos e agora vou para a categoria adulta. O objetivo é continuar treinando e levar a experiência que adquiri nos Escolares para as outras competições”, destacou ela, que sonha em fazer parte da equipe principal da seleção brasileira. Já para Kauany as disputas em Foz marcaram a estreia na categoria de 15 a 17 anos nos Jeps. Ainda assim, ela pensa mesmo é na fase nacional da competição: “Quero representar bem meu estado, e sempre deixar o nome do Paraná em primeiro lugar nas competições de nível nacional”.



Fale com a Redação

9 + quinze =