São Paulo – A Bolsa brasileira (B3) bateu novo recorde histórico de fechamento pela segunda vez consecutiva nessa segunda-feira (31), após encerrar em alta de 0,52%, aos 126.215,73 pontos. O bom desempenho do mercado brasileiro se deu hoje sem o apoio do exterior, com os mercados de Nova York e Londres fechados devido a feriados locais. O resultado foi sustentado hoje pelo ganho das ações da Vale e pela diminuição da alta do dólar, que avançou 0,25%, cotado a R$ 5,2249.

Com o mesmo número do fechamento, a Bolsa também atingiu o maior valor intradia, ou seja, para uma cotação. Na última sexta (28), o Ibovespa bateu recorde de fechamento alcançado em janeiro, quando encerrou o pregão aos 125,5 mil pontos. Com isso, ele acumula alta de 6,16% em maio, maior ganho mensal desde dezembro de 2020, quando subiu 9,30%. Além disso, este é também o terceiro mês consecutivo em que o principal índice da B3 fecha em alta. No ano, o índice sobe agora 6,05%.