Boa notícia! Hemocentro tem período atípico de doações

Apenas nos oito primeiros dias do ano 416 pessoas doaram sangue

Janeiro é um dos meses mais difíceis para o Hemocentro de Cascavel, com poucos doadores, mas neste ano o cenário tem sido diferente. Apenas nos oito primeiros dias do ano 416 pessoas doaram sangue, 20% a mais que nos anos anteriores. Isso devido a campanhas de conscientização realizadas em dezembro.

De acordo com a assistente social do Hemocentro de Cascavel, Eliane Vignatti Avancini, há dias em que 90 doadores passam pelo local.

Logo depois do Natal foi solicitado à população que doasse sangue e em uma tarde 70 pessoas foram até o Hemocentro. “A gente tem capacidade técnica para atender cerca de 40 pessoas de manhã e 40 à tarde, em torno de 80, no máximo 100 atendimentos… como em uma só tarde vieram 70 pessoas, tivemos que dispensar alguns doadores”.

A capacidade técnica leva em conta o prazo de validade do sangue. “A gente coleta o sangue total e fraciona três componentes: plasma, que dura um ano congelado; plaqueta, que dura só cinco dias; e hemácia, que dura de 35 a 42 dias”. Se for coletado demais, o sangue precisa ser descartado.

Cascavel atende os 25 municípios da 10ª Regional de Saúde e oferece suporte à 20ª Regional de Saúde, em Toledo. Porém, as doações estão tão altas que têm ajudado o Hemocentro Coordenador de Curitiba.

Agendamento

Cascavel é a única cidade do Paraná em que é possível agendar a doação de sangue. Para isso, basta acessar o site www.pia.gov.br. Os atendimentos no Hemocentro ocorrem por ordem de chegada, mas quem agenda tem prioridade na fila.

Quem pode doar

Para doar sangue é preciso ter de 16 a 69 anos. Os menores de idade precisam de autorização dos pais e um adulto deverá acompanhar a doação. Para doar até os 69 anos é preciso que a primeira doação tenha ocorrido antes dos 60 anos. Também é preciso estar em boas condições de saúde, sem sintomas de gripe. Pessoas que fizeram tatuagens ou colocaram piercing precisam esperar um ano para doar. Também não podem doar as pessoas que já tiveram câncer ou hepatite.

 


Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação