Blitz alerta que cidadãos sem máscara serão multados em Assis Chateaubriand 

Uso obrigatório estabelece punição de R$ 1.045 a quem descumprir o decreto

Conforme decidido em reunião do Gabinete de Crise para enfrentamento à covid-19, na tarde de terça-feira (19), o Município de Assis Chateaubriand deu início à Blitz da Máscara. Nesta quarta (20) e quinta-feira (21), com apoio da Polícia Militar, servidores nomeados fiscais realizam um trabalho de abordagem a motoristas, motociclistas e pedestres com o objetivo de orientar de que quem for flagrado sem o uso de máscara facial receberá multa a partir de R$ 1.045.

Quando usar máscara de pano

A medida passaria a valer já nesta quarta-feira, mas, a pedido do prefeito João Pegoraro, a ação começou com reforço na orientação e, partir de sexta-feira (22), será intensificada a fiscalização e aplicadas multas, em cumprimento ao decreto municipal que tornou obrigatório o uso da proteção individual.

A mobilização por meio da blitz começou pelo Centro da cidade. Com a Avenida Tupãssi devidamente sinalizada, foram entregues panfletos com recomendações preventivas ao coronavírus e as pessoas informadas sobre a punição financeira a quem estiver em vias públicas ou estabelecimentos comerciais sem a máscara no rosto.

Essa decisão mais rígida foi tomada pelos membros do Gabinete de Crise, com apoio do Ministério Público, vindo de acordo com a necessidade de intensificar a prevenção, uma vez que as autoridades sanitárias do país preveem que o período mais crítico da doença deve ser em junho, quando começa o inverno brasileiro.

A multa a quem desobedecer ao decreto será aplicada à pessoa física e, caso o cidadão se recuse a passar as informações ao fiscal, a Polícia Militar será acionada.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

5 × 1 =