Braguinha não foi patrocinador, mas um grande amigo de Ayrton Senna. Tanto que no dia 1º de maio de 1994, se não tivesse morrido no acidente do GP de Imola, Senna teria voado logo após a corrida para a casa do amigo em Portugal, onde já estava a sua namorada, Adriana Galisteu.