A primeira semana da Campanha Nacional da Vacinação contra a Gripe teve baixa adesão de professores da rede pública e privada de Cascavel. A meta do município é vacinar em torno de 4 mil profissionais, mas até a tarde de sexta-feira, apenas 6,27% do público previsto, ou seja, 247 pessoas haviam sido imunizadas.

A enfermeira coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Cristina Carnaval, faz o alerta para que os professores procurem pela unidade de saúde mais próxima para receber a vacina.

“O informativo do Ministério da Saúde prevê todos os professores da rede pública e privada, da educação infantil ao ensino superior, no grupo prioritário, e por isso é necessária a imunização”, ressalta.

As secretarias municipais de Saúde e Educação já informaram sobre desse direito e inclusive professores de instituições de ensino privado receberam declaração que deve ser preenchida e apresentada junto à coordenação e entregue no momento da vacina.

Aberto

Além das USFs e UBSs, que na área urbana não fecham no horário do almoço de segunda a sexta-feira, as pessoas podem receber a dose no Centro da cidade, no quiosque montado pela prefeitura em frente às Casas Bahia de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados das 8h às 17h.

O município recebeu 87.961 doses e o Ministério da Saúde trabalha com uma meta geral de imunizar 90% de todos os grupos prioritários.