00-giovanna-antonelli-sol-nascente.jpgGiovanna Antonelli é agitada. Quando fala, as palavras rapidamente se sobrepõem umas às outras, articuladas por gestos largos. É natural. Assim que começou a gravar as primeiras cenas de ?Sol nascente?, nova novela das seis que estreia nesta segunda-feira, a atriz solicitou que a algemassem: cinco meses após ter dado adeus à fogosa Atena, de ?A regra do jogo?, a carioca de sotaque carregado admite que encontrou dificuldade com o ritmo da nova mocinha, uma mulher centrada, marcada pela educação japonesa, transmitida pelo pai adotivo.

? Como atriz, vivi um salto enorme. Saí de uma personagem extravagante e entrei numa alma japonesa. No início, realmente brinquei, dizendo que queria amarrar minha mão ? assume.

Num lance do acaso, porém, a ficção coincidiu com a realidade. Desde que completou 40 anos, em março, Giovanna tenta amansar a personalidade intensa, como ela mesma reconhece:

? Todo ano, traço uma meta. Em 2016, entrei nessa onda de priorizar os pequenos momentos com as minhas filhas pequenas e curtir mais a paisagem. Diminuí o ritmo. Às vezes penso que é mais importante olhar o mar com meus filhos do que fazer as outras 365 coisas que estão me esperando ? afirma ela, que gerencia a clínica de estética Giolaser, em Volta Redonda, e o restaurante Pomar Orgânico, na Barra: ? Essa coisa de WhatsApp facilitou a minha vida. Resolvo tudo por ali! E olha que eu me meto em tudo. Todas as etapas daquilo que estou envolvida passam pelas minhas mãos, até a vírgula de um texto.

Talvez por isso, o sucesso com as mulheres que encarna na ficção seja uma constante. Como já aconteceu em outros folhetins, Giovanna não se envergonha de, vez ou outra, sugerir peças para o figurino de sua personagem:

? Vocês da mídia que me dão essa moral, sabe? Mas quando vou na 25 de Março e na Saara, fico feliz. A voz do povo é a voz de Deus. Não tem jeito! ? afirma, animada: ? Dessa vez estou apostando nos quimonos. Outro dia coloquei um com uma calça de cintura alta e achei um babado! Fiquei apaixonada! Dá para usar com jeans, shortinho, botinha, camiseta… Imagina incorporar essa coisa do quimono no dia a dia da mulher brasileira!? Estou focada nisso. Olha que sacada sensacional!

O novo folhetim de Walther Negrão, Suzana Pires e Júlio Fisher tem um sabor especial para Giovanna Antonelli. Pela terceira vez, a atriz será dirigida pelo marido Leonardo Nogueira na TV, com quem vive ao lado das gêmeas Sofia e Antonia, de 5 anos, frutos do casamento de sete anos:

? Brinco que esse trabalho tem um gostinho de férias. Eu e meu marido sempre precisamos driblar o tempo para nos encontrarmos. É um prazer, agora, estarmos juntos, a todo o momento. A gente se entrosa bem. É muito gostoso. Mesmo!

Inevitavelmente, a dupla, que já trabalhou em ?Viver a vida? (2009) e ?Em família? (2014), leva trabalho para casa. Mas isso não é problema nenhum, ela garante:

? Em casa, comentamos muito sobre a novela. Leio os capítulos, os blocos, troco ideias, pergunto o que ele acha se eu fizer a cena de um jeito. Você sabe que eu sou palpiteira, né!? Adoro falar! ? exclama a atriz, com uma risada na ponta da língua.