Ações de combate à dengue continuam em Santa Terezinha de Itaipu

Não há casos da doença registrados no município

Os agentes de combate às endemias de Santa Terezinha de Itaipu estão alertando a população quanto aos cuidados necessários para evitar criadouros de larvas do mosquito da dengue. As altas temperaturas, aliadas com alguns períodos de chuva durante o verão podem se transformar no ambiente ideal para o surgimento de larvas colocadas pelo Aedes aegypti, transmissor também da Chikungunya e zika vírus.

brde2

Por isso é importante evitar acúmulo de água parada, manter os locais dos imóveis, sejam eles terrenos residências ou comerciais, sempre limpos, colocando areia nos pratos embaixo dos vasos de plantas e caixas d’água sempre fechadas, bem como garrafas, de vidro ou pet, sempre viradas de cabeça para baixo. Até mesmo uma tampa de plástico, ou copo de iogurte pode acumular água se ficar no terreno durante a chuva e acaba virando criadouro do mosquito da dengue.

“Também estamos fazendo um trabalho em residências que possuem piscinas, acompanhando e orientando os moradores como proceder, para que as mantenham sempre limpas e não estrague o verão da família”, explica a coordenadora de Endemias, Elizabete Santiago.

O trabalho dos agentes de combate às endemias nos imóveis é apenas de orientação aos proprietários, sendo a limpeza dos locais de responsabilidade dos donos. Ao verificar alguma irregularidade, um laudo é repassado para o setor de fiscalização da prefeitura, que notifica o proprietário do terreno e estabelece o prazo de 48 horas para que a limpeza seja realizada. Caso não ocorra, o dono do imóvel pode ser multado. O valor da multa varia conforme o tamanho do terreno.

Os moradores também podem ser uma espécie de fiscal dos terrenos que estiverem acumulando sujeira, com mato alto, e trazendo riscos à saúde pública. Basta denunciar ao programa de Endemias, através do telefone 3541-1149 e transferir para o ramal 226. Os agentes de endemias anotarão as informações e vão apurar o caso, tomando as medidas necessárias.

No final de 2018 algumas ações foram realizadas no município, como caminhadas, visitas nos imóveis e colocação de espumas em ocos de árvores que possam acumular água.


Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação