Viver Mais Paraná: Confirmado condomínio para idosos de Cascavel

O primeiro condomínio já tem endereço certo

O prefeito Leonaldo Paranhos recebeu a confirmação do presidente da Cohapar (Companhia de Habitação de Cascavel), Jorge Lange, de que o Município foi selecionado pelo governo do Estado no Programa Viver Mais Paraná, garantindo, em parceria com a prefeitura, a implantação de dois condomínios para a população idosa em situação de vulnerabilidade social, totalizando 80 unidades habitacionais para atender essa parcela da população.

O primeiro condomínio já tem endereço certo. Será construído atrás do Parque de Exposições de Cascavel, no Loteamento Siena.

Pela parceria, o Município cede a área e o Estado, por meio da Cohapar, licita e constrói os residenciais, com toda a infraestrutura de lazer, atividade física e esportiva e atendimento ambulatorial, totalizando cerca de R$ 6 milhões de investimentos em cada complexo. “Escolhemos a melhor área possível dentre as que foram sugeridas e agora seguimos com o compromisso de encontrar a segunda área”, garantiu Paranhos.

Estrutura

Os condomínios seguem projeto padrão para todas as cidades selecionadas. Em formato horizontal, terão 40 moradias cada um, com um dormitório, sala, banheiro, cozinha e varanda. O diferencial, segundo Jorge Lange, está na infraestrutura de lazer completa, com praça de convivência, biblioteca, sala de informática, academia ao ar livre, pista de caminhada, piscina para hidroginástica, horta comunitária, salão de festas e de atividades, entre outras benfeitorias. Haverá também ambulatório com atendimento médico e de enfermagem.

A intenção é lançar pelo menos 540 moradias nessa modalidade até o fim do ano em todo o Estado. “O primeiro condomínio de Cascavel teve a licitação autorizada. O prazo para conclusão é de cerca de oito meses de obras após a definição da empresa”, detalhou Lange.

Compromisso com a pessoa idosa

Segundo o prefeito Leonaldo Paranhos, a confirmação dos condomínios vem ao encontro da política pública da administração voltada à pessoa idosa, por meio da qual também se prioriza habitação, a exemplo da reforma realizada nos dois blocos do Condomínio da Terceira Idade, no Bairro Tarumã, cujas moradias estavam depredadas. “Durante a entrega, assumimos o compromisso de construir pelo menos mais 50 unidades em condomínio para idosos e, agora, com essa parceria, será possível ultrapassar esse número, e num modelo aperfeiçoado”.

Seleção dos casais

A Secretaria de Assistência Social de Cascavel ficará responsável, na parceria com a Cohapar, de fazer a seleção dos casais de idosos que se enquadram nos critérios do programa para habitar os condomínios.

O modelo de utilização será por meio de locação, ou seja, o valor do aluguel previsto é de 15% de um salário mínimo (cerca de R$ 150), cujos valores serão reinvestidos nas políticas habitacionais do Estado. Serão atendidas famílias com renda familiar mensal de até três salários mínimos.

 

 



Fale com a Redação

5 + vinte =