Foi pouco antes da chuva forte que o tempo fechou e a ventania começou em Cascavel. De acordo com o Instituto Meteorológico Simepar, na cidade o vento chegou a 97,5 km/h por volta das 10h de ontem. A ventania durou pouco e deu lugar a muita chuva. Em apenas 15 minutos o volume foi de 14,2 milímetros de água, com total de 41,6 milímetros na manhã toda em Cascavel. Algumas ruas ficaram alagadas. Um dos pontos foi a Avenida Piquiri, região norte da cidade, em que a água quase invadiu residências.

Um homem quase foi atingido por um raio e teve ferimentos moderados. O acidente aconteceu em uma construção perto da BR-467 no Bairro Canadá. Segundo populares, o rapaz de 23 anos estava trabalhando quando houve a descarga atmosférica. Quando o Corpo de Bombeiros chegou, o jovem estava tremendo e confuso por conta da descarga elétrica. Ele foi socorrido e encaminhado para atendimento hospitalar.

A Defesa Civil atendeu dois destelhamentos parciais e entregou lonas na região norte da cidade. Um deles aconteceu no Conjunto Abelha e outro no Jardim Clarito. Ninguém se feriu.

Uma queda de árvore de grande porte foi registrada na Rua Presidente Kennedy, quase esquina com a Rua Visconde de Guarapuava, no Centro. A árvore ficou no meio da rua e a Secretaria de Meio Ambiente foi acionada para fazer o corte.

A PR-180 sofreu interdição parcial devido a galhos que caíram sobre a pista. A PRE (Polícia Rodoviária Estadual) foi acionada e conseguiu liberar o local.

O alerta para hoje é de temporal em toda a região oeste do Estado, com ventos acima de 50km/h.

Reportagem: Tatiane Bertolino e Cláudia Neis

Foto: Aílton Santos

12 – Ruas ficaram alagadas devido ao grande volume de chuva