Vants: FAB diz que objetivo é otimizar recursos

Em nota, a assessoria da FAB (Força Aérea Brasileira) informou que a cessão de uso de Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP) – os Vants – da Polícia Federal para a FAB tem por objetivo a otimização de recursos, especialmente envolvendo aspectos logísticos e de manutenção. "A celebração do termo foi feita a pedido da Polícia Federal. O acordo também prevê repasses financeiros, que serão executados por meio de Termo de Execução Descentralizada para a manutenção dos equipamentos. Os ARP em questão executam missões de reconhecimento, portanto, não envolve capacidade bélica."

JK

A assessoria diz ainda que o acordo prevê que a operação dos equipamentos será conjunta. "A colaboração entre a FAB e a Polícia Federal, bem como demais órgãos de segurança pública, não é uma novidade. ARPs da FAB já foram empregados em apoio a diversas operações de segurança pública e órgãos de inteligência. O mais recente ocorreu durante a Garantia da Lei e da Ordem no Rio de Janeiro."

E conclui: "A FAB emprega ARP, ininterruptamente, há cerca de dez anos, incluindo operações conjuntas interagências, como a Ágata – conduzida pelo Ministério da Defesa. Portanto, o acordo em questão vai permitir que a experiência operacional, doutrinária e logística da FAB siga sendo utilizada em prol da sociedade brasileira."

brde2

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação