Primeiro campeão da história da Corrida do Milhão, em 2008, e dono de oito vitórias na Stock Car, o paraibano Valdeno Brito, atualmente residindo em Londrina, no Paraná, trará velocidade e experiência para a equipe Prati-Donaduzzi a partir da próxima temporada da Stock Car. Ele está confirmado como companheiro de equipe do curitibano Julio Campos para 2019. Das suas oito vitórias na categoria, três foram conquistadas no Paraná. Em Curitiba em 2009 e em Cascavel em 2012 e 2015. Valdeno também foi segundo colocado em Cascavel em 2012 (na segunda etapa na cidade naquele ano) e em 2015 na segunda corrida da etapa.

 

 

Calendário da Stock Light agrada Myasava e Leonardo Sanchez

O calendário da Stock Light para 2019 agrada os pilotos Gustavo Myasava e Leonardo Sanchez, da equipe MRF Racing/EMS Farmacêutica. Serão oito etapas ao longo do ano, começando no dia 7 de abril, no Autódromo do Tarumã, em Viamão, na Grande Porto Alegre (RS), e termina no dia 15 de dezembro, em Interlagos, São Paulo.

Para Gustavo Myasava, o calendário de 2019 irá proporcionar provas emocionantes e destaca a realização de três etapas no Paraná, em Curitiba, Londrina e Cascavel. “Em 2019 teremos etapa em Cascavel, sede da nossa equipe e minha cidade. Estou confiante em grandes provas”, acentua Myasava.

Já Leonardo Sanchez frisa que o calendário foi bem distribuído por estados, autódromos e datas. “Será uma temporada bem interessante. Vou conhecer novos circuitos e dar sequência ao aprendizado e conquistar bons resultados. Estou empolgado”, finaliza Leonardo Sanchez.

 

Calendário 2019 da Stock Light

7 de abril – Tarumã (RS)

19 de maio – Goiânia (GO)

9 de junho – Londrina (PR)

25 de agosto – Local a confirmar

15 de setembro – Curitiba (PR)

20 de outubro – Cascavel (PR)

24 de novembro – Goiânia (GO)

15 de dezembro – Interlagos (SP)

Leonardo Sanchez e Gustavo Myasava gostaram do calendário e projetam uma excelente temporada na Stock Light em 2019 (Foto: Vanderley Soares)

 

 

Firás Fahs supera expectativas em seu primeiro ano na Cadete

Firás Fahs superou todas as expectativas em seu primeiro ano na categoria Cadete. O piloto da equipe Cellshop/SOS Proteção disputou as principais competições de kart do País, sempre figurando no TOP 10.

As principais conquistas do piloto de Foz do Iguaçu foram o vice-campeonato no Citadino de Foz do Iguaçu, o vice na Cadete nas 500 Milhas de Kart, o quarto lugar no Paranaense (ganhou uma das provas classificatórias e largou na pole na Final) e o sexto lugar no Open do Campeonato Brasileiro, disputado na Granja Viana, em Cotia (SP). No Brasileiro, Firás se classificou em 19º, se constituindo no paranaense mais bem colocado da Cadete.

Firás destaca que o primeiro ano em uma nova categoria sempre é mais complicado. É o ano de adaptação, de aprendizado. Mas mesmo assim conseguiu andar entre os primeiros colocados e brigar por títulos. “Estivemos perto de ganhar o Open do Brasileiro, o Paranaense e a preliminar das 500 Milhas. Estou feliz com os resultados”, completa Firás.

Já Wassim Fahs, pai e chefe de equipe de Firás, argumenta que o ano foi muito bom. “Tínhamos em mente que seria um ano complicado, mas tudo foi superado e pudemos levar o nome de Foz do Iguaçu a diversos pontos do País. Faltou pouco para que um título viesse logo no primeiro ano de Cadete. A próxima temporada será promissora”, diz Wassim Fahs.

Firás Fahs, de Foz do Iguaçu, se destacou em sua primeira temporada na categoria Cadete (Foto: Mario Ferreira)

 

 

Allan Aquino

O paraguaio Allan Aquino, campeão da categoria Marcas B no Campeonato Metropolitano de Marcas de Cascavel e no Paranaense, ainda não definiu o que fará na temporada 2019. Ele espera definir tudo até o fim de janeiro.

 

 

Massaro

Edson Massaro aproveitará as férias para tomar algumas decisões. Uma delas é se continua como piloto ou se fica só como promotor da Cascavel de Ouro. Mas o lado piloto deve falar mais alto, com sua participação apenas no Turismo Nacional, formando dupla com o filho Lorenzo.

 

 

Velocross

Promovida pela Federação Paranaense de Motociclismo, a Copa Verão de Velocross será disputada em três etapas: 13 de janeiro, em Curitiba; 20 de janeiro, em Campina Grande do Sul; e 3 de fevereiro, em Araucária.