Trio é detido por latrocínio em Brasilândia do Sul

O criminoso entrou no sítio por volta das 7h30 se passando por policial. A vítima e o filho estavam no local

Quatro pessoas foram detidas ontem (20) à tarde suspeitas de envolvimento no latrocínio que aconteceu pela manhã em Brasilândia do Sul (62 quilômetros de Umuarama). De acordo com a PM, os três homens e a mulher detidos, estavam em Alto Piquiri, mas foi verificado que nenhum teria sido o autor do disparo de arma de fogo que matou José Venancio, 60.

Os policiais já têm suspeitas de quem seja o criminoso, mas ele continua foragido. No momento em que o tiro atingiu a vítima, o autor do assassinato se apossou de duas armas da vítima e saiu da residência, deixando cair dois celulares. Os policiais tiveram acesso aos aparelhos e encontraram mensagem com indícios de que outras pessoas estavam envolvidas.

José Venancio morreu durante um assalto, na zona rural de Brasilândia do Sul. O criminoso entrou no sítio por volta das 7h30 se passando por policial. A vítima e o filho estavam no local. O autor do crime pediu que os sitiantes entregassem uma arma (legalizada). O morador entregou, mas, ao perceber que havia algo errado, entrou em luta corporal com o bandido. José Venâncio acabou sendo atingido com um tiro na cabeça e morreu após receber socorro.



Fale com a Redação

10 + quatro =