Sem feriados, PIB regional deve avançar R$ 3,5 bilhões

Ano terá 16 dias a mais trabalhados na comparação com 2018

Toledo – O PIB (Produto Interno Bruto – soma de toda riqueza produzida no país) de quase R$ 52,4 bilhões na região oeste no ano de 2016 – o último informado – terá avanços expressivos em 2019 devido a uma série de fatores, avaliam especialistas.

Unimed

Um deles está no calendário. É que em 2019 haverá menos feriados em dias da semana nem possibilidade de emendar os feriadões e, como consequência, mais dias úteis trabalhados e mais riqueza produzida. A previsão é de um incremento de R$ 3,5 bilhões apenas por conta disso.

Em 2018 houve 11 feriados durante a semana e em quatro deles foi possível emendar, pois ou eram em uma terça-feira, com a segunda enforcada, ou eram na quinta-feira, com a sexta sem expediente. Apenas um feriado foi no fim de semana no ano que acabou. Isso sem considerar o calendário dos feriados municipais.

No ano que se inicia agora a “folhinha” será bem diferente. Serão sete feriados durante a semana e em apenas dois haverá a possibilidade de serem prolongados (veja a tabela). Em três deles as comemorações serão em um sábado. Assim, enquanto em 2018 foram 237 dias úteis, em 2019 serão 253 – já desconsiderando fins de semana e, claro, os feriados e suas respectivas emendas.

Para o economista Marcelo Dias, o impacto é direto no movimento produtivo. “Os feriados geralmente travam a produção, encarecem muito. Então as empresas preferem liberar os profissionais a pagar hora extra. Em 2019, com menos feriados durante a semana, isso deverá resultar em um impacto positivo no PIB regional”.

“Para contribuir, não haverá Copa do Mundo [de futebol], que faz parar tudo também, nem Olimpíada nem eleição. Ou seja, teremos um ano cheio. Teremos um Carnaval mais tarde, em março, com a Páscoa no fim de abril, mas se o brasileiro quiser mesmo se recuperar da crise, o ano terá que começar bem antes do Carnaval, desta vez, já no dia 2 de janeiro”, brinca o economista.

 

Um ano promissor

A conta pode ser um pouco mais ampla se a característica do PIB regional do oeste mantiver os níveis de crescimento de 10% a 12% ao ano percebidos desde 2012 (veja a tabela). Se esse indicador for mantido, somado à condição de menos feriados, a elevação no PIB regional poderá chegar a algo em torno de R$ 9 bilhões. “Na prática, isso pode representar mais empregos e a acelerar a recuperação econômica”, reforça o economista Marcelo Dias.

Nos dados do PIB regional divulgados em 2017 – ano-base 2015 -, o oeste havia produzido R$ 47 bilhões em valores corretes. Em 2018 – ano-base de 2016 – o PIB foi de quase R$ 52,4 bilhões, crescimento de 12%. “Mas não podemos esquecer que os números que serão divulgados em 2019 têm como referência 2017 e naquele ano estávamos em crise”, lembra Dias.

Por outro lado, se o PIB regional continuar crescendo, é possível chegar aos R$ 61 bilhões em 2019 (ano-base 2017).

 

Cenário extremamente favorável

Para o economista e especialista de mercado Neoroci Frizzo, o cenário que se desenha bastante promissor para 2019. “Não somente o PIB regional vai crescer, mas o PIB do País vai entrar nesse caminho, serão mais dias trabalhados, maior será a produção, muito embora precisamos de aumento na renda das famílias para que possa aumentar a demanda, o consumo”, acrescenta. “Mas temos outros fatores bem mais importantes para o crescimento em 2019, como a confiança reestabelecida, a inflação controlada e os juros baixos, boas safras, aumento de renda das famílias [que acaba ocorrendo por consequência], maior produtividade, produtos mais competitivos no mercado e daí sim, mais dias e horas trabalhados. As expectativas são mesmo muito boas”.

 

Os feriados em 2019

1º de janeiro – Terça-feira (Dia Universal da Paz)

5 de março – Terça-feira (Carnaval)

19 de abril – Sexta-Feira Santa

21 de abril – Domingo de Páscoa e Tiradentes

1º de maio – quarta-feira (Dia do Trabalhador)

20 de junho – quinta-feira (Corpus Christi)

7 de setembro – sábado (Independência do Brasil)

12 de outubro – sábado (Nossa Senhora de Aparecida)

2 de novembro – sábado (Finados)

15 de novembro – sexta-feira (Proclamação da República)

25 de dezembro – quarta-feira (Natal)

JK

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação