Tóquio – O jogo da sobrevivência no Campeonato Mundial acabou da pior maneira para a seleção brasileira feminina de vôlei, que entrou em quadra, ontem, para um confronto direto com a equipe do Japão, em Nagoya, pela última rodada da segunda fase no Grupo E, e foi eliminada precocemente da competição, apesar de ter vencido o jogo.

É que as comandadas do técnico José Roberto Guimarães não podiam perder um set sequer, mas foram superadas logo no primeiro: 25 a 23. Com isso, a virada para 3 a 2 de nada serviu.

O Brasil terminou a segunda fase do Mundial com 20 pontos, na quarta posição. A Holanda avançou como líder, com 24 pontos, o Japão seguiu adiante como vice-líder, com 22, e a Sérvia na terceira colocação, com 21.