São Paulo – A segunda metade da fase de grupos da Libertadores 2018 começa hoje com três jogos, sendo um deles envolvendo uma equipe brasileira. Às 21h30, o Santos recebe o Estudiantes pela 4ª rodada da chave 6, na Vila Belmiro.

Será o reencontro entre as equipes quase 20 dias depois da vitória santista em pleno Estádio Centenário, na Argentina. Na ocasião, o goleiro Vanderlei salvou o Peixe, que venceu com um gol irregular (estava impedido) de Arthur Gomes, que apesar de reserva de Rodrygo atuou em todos os jogos da equipe no ano e está convocado para o jogo de logo mais, apesar de ter reclamado de dores na derrota do fim de semana para o Bahia, pelo Brasileirão.

Já o atacante Bruno Henrique é ausência certa para o técnico Jair Ventura. O jogador retornou aos gramados no sábado depois de mais de quatro meses afastado por lesão no olho direito e atuou apenas 20 minutos, até sofrer nova lesão muscular, desta vez muscular, na perna esquerda. Com isso, ele ficará cerca de três semanas fora de ação, apesar de que cumpriria o penúltimo jogo de suspensão no jogo de hoje pela expulsão na eliminação santista no ano passado.

Depois deste jogo, o Santos voltará a campo apenas no feriado de terça-feira (1º de maio), quando desafiará o Nacional no Uruguai pela penúltima rodada do Grupo 6. Por isso teve seu compromisso pela 3ª rodada do Brasileirão remarcado para o dia 17 de maio. O Peixe lidera sua chave na Libertadores com 6 pontos, seguido por Estudiantes e Real Garcilaso, que têm 4 cada, e Nacional, que tem 2 pontos.