ESPORTES

“Saio com a cabeça erguida e o Cascavel passa a ter um novo torcedor”, diz Tcheco em despedida da Serpente

04 de agosto de 2022 às 15:25
Publicidade

Nesta quinta-feira (04) o FC Cascavel anunciou a saída do técnico Tcheco e do auxiliar Zé Luiz. Em comum acordo, as partes rescindiram o contrato.

Tcheco e seu auxiliar encerram um ciclo de duas temporadas no comando da Serpente, alcançando o posto de um dos cinco técnicos mais longevos do futebol brasileiro nos últimos anos.

Tcheco deixa o Cascavel com 56% de aproveitamento, um vice-campeonato inédito do Paranaense (2021), duas classificações inéditas para a 2ª fase da Copa do Brasil, duas participações até a 2ª fase da Série D e com o time classificado para a Série D de 2023. Em 66 jogos, o Cascavel conquistou sob o comando de Tcheco 29 vitórias, 25 empates e apenas 12 derrotas.

“São números expressivos para mim como treinador e para o clube, mas sei que no fim o mais importante é o objetivo a ser alcançado. Batemos na trave literalmente três vezes. Mas hoje o Cascavel tem outro nível de respeito perante aos adversários e fico lisonjeado por isso. Saio com a cabeça erguida e o Cascavel passa a ter um novo torcedor de corpo e alma. Só tenho a agradecer o clube, diretoria, funcionários e atletas. Tenho certeza que o clube tem uma questão de tempo para atingir a Série C”, disse Tcheco em sua despedida.

Veja acima a entrevista na íntegra.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE