A segunda etapa da Copa Truck, disputada domingo no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, durou pouco para o paulista Rodrigo Pimenta, da equipe FF Motorsport/Quartzolit/Brasilit/Sekurit Partner/Conai Queimadores/Dimep/Kraucher/Foxlux/Famastil/Kaster Pay. Ele sofreu duas pancadas simultâneas ao chegar ao “Esse” após a largada, um verdadeiro “sanduiche”, e abandonou a competição ao completar a primeira volta.

Rodrigo Pimenta explica que procurou fugir de enroscos na largada. No entanto, ao chegar à segunda perna do “Esse”, um concorrente que estava à sua frente escapou e voltou com tudo à pista, acertando a sua lateral esquerda. Ao mesmo tempo, levou outra pancada do lado direito. “As pancadas foram muito fortes e desalinharam o caminhão. A cabine chegou a se deslocar, estragando o filtro de óleo. As pancadas foram muito fortes, estou sentido dores na coluna, no pescoço e no punho, que foi atingido pelo giro do volante. Não cheguei nem a ver quem foram os autores do estrago”, diz Rodrigo Pimenta.

As vitórias na segunda etapa foram de Wellington Cirino na corrida 1 e Paulo Salustiano na 2. Na Super Truck, Pedro Paulo Fernandes ganhou as duas corridas, ao passo que Fábio Fogaça, companheiro de equipe de Rodrigo Pimenta, foi o segundo colocado na corrida 1.

A terceira etapa da Copa Truck está marcada para os dias 17 e 18 de julho, no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, no Paraná.

Crédito: Vanderley Soares