O Campeonato Paranaense de Kart, disputado sábado em Londrina, foi um sucesso, superando todas as expectativas. Mas foi preciso muito trabalho da organização. Além dos já rígidos protocolos sanitários estabelecidos pelas autoridades de saúde da Prefeitura de Londrina, do governo do Estado do Paraná e da própria PRrA (Federação Paranaense de Automobilismo), novas medidas foram adicionadas para a realização da competição. Rubens Gatti, presidente da FPrA, explica que a programação foi dividida em dois períodos. Quem treinava ou competia pela manhã tinha que deixar o kartódromo ao encerrar as atividades para que os competidores da tarde pudessem adentrar à praça esportiva. Também foi limitada a área de estacionamento e as pessoas tinham que se deslocar dos hotéis para a pista em carros de aluguéis.