ESPORTES

Rey de Copas

08 de dezembro de 2017 às 15:31
Publicidade

Os números que os argentinos do Independiente conseguiram acumular ao longo de muitos anos e finais de torneios continentais certamente suportam de maneira justa o apelido recebido há décadas de Rey de Copas. Situação essa repetida na última quarta-feira, superando o Flamengo por 2 a 1 em Avellaneda, na primeira partida da decisão da Sul-Americana.

Com o triunfo, a equipe do Rojo atingiu o feito de jamais ter perdido como mandante em alguma final de competição desse nível. Nos números gerais acumulando Copa Libertadores, Copa Sul-Americana,

Supercopa Libertadores e Recopa Sul-Americana, são 13 partidas com 10 vitórias e somente três empates.

Além desse aspecto, outro ponto que certamente pode preocupar aos torcedores flamenguistas mais apegados a estatísticas históricas e evidentemente animar os “hinchas” do time portenho é o retrospecto geral do Independiente nas decisões continentais. São 14 finais com 11 títulos e três vices.

Maracanã

Para o próximo jogo da finalíssima da Sul-Americana que ocorrerá no dia 13 no Maracanã, os visitantes podem empatar que ficarão com a taça. Ao Rubro-Negro, só resta vencer por, no mínimo, dois gols de diferença para não precisar das penalidades.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE