Na tarde do último sábado (23), por volta das 14h10, toda a região oeste foi atingida por forte
temporal, com rajadas de vento de 96,84 Km/h (medição fornecida pelo SIMEPAR) e chuvas,
acompanhadas de granizo, de aproximadamente 50mm, que causaram muitos danos,
principalmente quedas de árvores sobre vias, causando interdições, também sobre algumas
residências.

A chuva com vento, acompanhada de granizo, causou vários destelhamentos.

Abaixo um resumo dos principais danos na área do 4º GB Cascavel e região
1) Cascavel : 35 quedas de árvores e 83 detalhamentos (4 espaços públicos destelhados:
Penitenciária Industrial de Cascavel. UPA Tancredo, UPA Veneza, UBS Pacaembu). 5
localidades da área rural também foram atingidas. Houve queda de energia e
telecomunicações suspensas, muitos semáforos pararam de funcionar. Foram entregues 4.680
m de lonas pela Defesa Civil municipal e mais 1.438 m de lonas entregues pelo Corpo de
Bombeiros, (totalizando 6.118 metros de lona)

2) Toledo: 40 destelhamentos e 11 quedas de árvores sobre residências.

3) Palotina: 3 quedas de árvores.

4) Terra Roxa: com 60 residências atingidas por granizo e vendaval, com danos na agricultura.

5) Guaíra: granizo na área rural, até o momento foram 3 localidades, mas sem danos de
grande monta.

6) Corbélia: 3 destelhamento de pequena monta (Distrito da Penha). atendido pelos ADC
Braganey 1 queda de árvore.

7) Anahy: queda de arvore de pequeno porte, pessoal do município resolvendo.

8) Braganey: registro de 14 residências destelhadas, com 56 pessoas afetadas pelo temporal e
falta de energia.

9) Nova Aurora: 2 destelhamento no distrito de Marajó atendido pelos ADC Cafelândia 2
destelhamentos e 3 quedas de arvore PR 574. (entre Corbélia e Cafelândia).

10) Quedas do Iguaçu: Apenas quedas de árvores.

11) Guaraniaçu: Encontra-se sem energia elétrica, sem outras intercorrências.

12) Capitão Leônidas Marques: sem outras intercorrências.

13) Jesuítas: Informado de forma preliminar que foram afetadas as mesmas residências
atingidas no evento anterior.

14) Santa Teresa do Oeste: 50 residências afetadas, sendo 3 famílias desalojadas. Houve
danos na agricultura, porém não foram apurados.

15) Campo Bonito: 40 destelhamentos

16) Pato Bragado: poucos danos, levantamento ainda sendo realizados.

OBS: Os danos podem ser maiores, pois muitas cidades estão com dificuldade de
comunicação por conta da falta de energia elétrica e dificuldades nas comunicações por
telefone e internet.