O tema Regressão Terapêutica e Profilática ainda é desconhecido, polêmico e até inacreditável! Porém, é real! E mais: ele não tem qualquer efeito colateral negativo ou conotação religiosa ou doutrinária, apenas a científica.

O Dr. Hipócrates, médico grego, considerado O Pai da Medicina Científica, afirmou: “Não existem doenças incuráveis, mas, existem, sim, doentes incuráveis.” Com isso, ele afirmou que praticamente todas as doenças têm cura!

E, segundo o mistério da palavra, “Incurável” quer dizer “curável através do interior”. E, corroborando com essa afirmação, a própria Medicina Científica Moderna afirma, nos seus tratados, que mais de 80% das doenças têm origem psicossomática, ou seja, têm origem da parte psicológica, da mental, do consciente e do inconsciente. E sabe-se que o consciente está ligado e é interdependente da genética e do inconsciente. E a genética e o inconsciente têm ligação entre si e também ligação direta com as vidas: atual, passadas e dos antepassados.

É evidente que o resultado terapêutico de qualquer enfermidade depende do estado clínico em que se encontra o paciente doente, do grau de adiantamento da doença, do grau do comprometimento dos órgãos atingidos, do estado psicológico e também do estado energético do paciente.

Segundo as Leis Universais de Causa e Efeito e a de Ação e Reação, todas – TODAS! – as doenças têm causas traumáticas – TRAUMAS – no passado, desta vida e de vidas passadas. Traumas: psicológicos, mentais, energéticos, sexuais, físicos, químicos etc.

Os tratamentos atuais não têm atingido as verdadeiras causas das doenças, mas têm tratado principalmente os sintomas.

Assim, ao curarmos as verdadeiras causas das doenças, geralmente, elas diminuirão sua agressividade e sua progressão, e, por isso, iniciar-se-á a cura e a provável remissão dessas doenças.

Uma analogia é compararmos as doenças com uma árvore. A morte de uma árvore não ocorre se podarmos apenas galhos e folhas e até o tronco principal. Mesmo assim, ela poderá brotar novamente. Mas a morte dela só acontecerá se cortarmos as suas raízes.

Assim é com a cura das doenças, inclusive com os cânceres. Deve-se curar suas causas (= “cortar suas raízes”), a fim de se obter a cura total e definitiva. Caso contrário, a cura se torna mais difícil e poderá ocorrer a recidiva, ou retorno, dos cânceres justamente por não terem sido tratadas as suas verdadeiras causas.

Outro aspecto importante e fundamental é o poder PROFILÁTICO ou PREVENTIVO da REGRESSÃO, que funciona como uma verdadeira vacina contra as doenças quando a regressão é realizada precocemente, ou seja, antes de as doenças surgirem.

É óbvio que, ao eliminarmos as causas com antecedência, as correspondentes doenças não surgirão no futuro.

Essa é a verdadeira prevenção ou profilaxia de muitas doenças que se consegue realizar através da REGRESSÃO TERAPÊUTICA E PROFILÁTICA, inclusive doenças autoimunes, cânceres, cefaleias, fibromialgias, fobias, artroses, distúrbios sexuais, epilepsias etc.

Dr. Armando Hamud – CRM 5572 – Médico formado em 1977 pela UFPR, hipnólogo, hipnoterapeuta, terapeuta de regressão, médico transpessoal, acupunturista e autor de 20 livros