ESPORTES

Reforma do Estádio Olímpico tem apenas uma empresa habilitada

20 de junho de 2015 às 10:02
Publicidade

Cascavel – O processo licitatório para a reforma do Estádio Olímpico Regional Arnaldo Busato contou com a oficialização da empresa N. Dalmina Construções Ltda., de Cascavel, como a única habilitada para realizar as melhorias que têm valor máximo estimado em R$ 6.669.577,70 milhões.

Agora, as empresas Construtora Cidade Bela Ltda., de Toledo, Construtora e Incorporadora Borguezam Ltda., de Curitiba, e Construtora Metrosul Ltda., de Foz do Iguaçu, têm cinco dias para contra-argumentar, documentalmente, na tentativa de voltar a fazer parte do processo licitatório. Caso contrário, apenas a N. Dalmina terá sua proposta aberta para a realização da reforma.

Anunciada ainda em 2013, a reforma do Estádio Olímpico está perto de ter seu início oficializado. A licitação 002/2015, na modalidade de concorrência, deveria ter apontado o vencedor no último dia 28 de maio, mas diversos questionamentos foram feitos.

Os questionamentos foram levados à Comissão Técnica da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Cascavel, que avaliou as dúvidas dos participantes da licitação antes de anunciar as empresas habilitadas à sequência do processo.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE