O Ministério Público do Paraná, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Palmas, no Centro-Sul do estado, cumpriu na tarde desta terça-feira (27), mandado de busca de apreensão no âmbito da Operação Depositum, que apura os crimes de organização criminosa e tráfico de drogas na região.

A ação, que resultou na maior apreensão de drogas da história do município – pouco mais de uma tonelada de maconha – contou com o apoio da Agência Local de Inteligência e da Rotam do 3º Batalhão de Polícia Militar. O material estava armazenado em um prédio desativado onde havia funcionado um antigo supermercado de Palmas.

As investigações da Promotoria de Justiça tiveram início a partir de relatórios técnicos produzidos pelo setor de inteligência da Polícia Militar.